Super Máquinas

Classe E chega à décima geração

Com motor 2.0, as versões da nova linha Classe E podem chegar a 100 quilômetros por hora em 6,9 segundos – Divulgação

Todas as versões oferecidas contam com motor 2.0 turbo, que gera 211 cavalos (cv). E com a nova transmissão automática 9G-TRONIC de nove velocidades, garante um comportamento ágil. O sedã acelera até 0 a 100 quilômetros por hora (km/h) em 6,9 segundos e atinge 250 km/h de velocidade máxima, limitada eletronicamente.

O modelo também marca a apresentação mundial de diversas inovações técnicas. Elas proporcionam uma condução confortável e segura, com uma nova dimensão na assistência ao condutor. Sistemas de informação, entretenimento e controle integram o conceito Intelligent Drive e oferecem uma experiência de condução semiautônoma.

Da mesma forma são exemplares a carroceria de baixo peso e os números recordes na aerodinâmica, que estabelecem os padrões de eficiência. A soma dessas inovações torna o Classe E o sedã mais inteligente do segmento.

Segundo o diretor geral Automóveis América Latina e Caribe, Holger Marquardt, o Classe E é o sedã mais vendido da Mercedes-Benz no mundo e, no passado, redefiniu repetidamente os padrões de seu segmento. “O modelo leva agora esta tradição para o futuro, com uma grande variedade de inovações que representa mais um passo no sentido da condução autônoma e que poderá ser utilizada pelos nossos clientes no Brasil”, afirma.

O novo Classe E, quando comparado ao de seu antecessor, a distância ente eixos aumentou 65 milímetros (2.939 / 2.874) e o comprimento total, 43 milímetros (4.923 / 4.880). O design exibe as proporções marcantes dos sedãs da Mercedes-Benz: o capô alongado, aliado a um teto com perfil de cupê que flui para uma traseira com ombros largos, criando uma silhueta empolgante.

Uma dianteira marcante reforça o status do sedã executivo, exibindo um visual diferenciado para cada linha de design e equipamento. A versão Exclusive traz a clássica grade do radiador da Mercedes-Benz, com a estrela no capô. Os modelos Avantgarde são identificáveis pela grade do radiador esportiva, com uma grande estrela como elemento central. Cada design da grade do radiador dá ao Classe E um grau exclusivo de diversidade que faz com que cada modelo se destaque.

Motor

O novo E 250 traz um motor a gasolina de quatro cilindros de nova geração, com 2,0 litros e 211 cv de potência. O torque máximo de 350 nanômetros (Nm) é disponibilizado a partir de apenas 1.200 rotações por minuto (rpm), o que garante reações rápidas mesmo em baixa velocidade e um dinamismo apreciável nas situações mais comuns no trânsito urbano.

Os motores do novo Classe E são sempre equipados de serie com a função ECO start/stop como toda a linha da Mercedes-Benz. Todas as versões são equipadas de série com a transmissão automática 9G-TRONIC de nove marchas. Ela executa trocas muito rápidas e permite manter o motor em baixa rotação, o que tem um efeito especialmente benéfico para a eficiência e níveis de ruído.

Assistência Inteligente

O novo Classe E chega ao Brasil com o que há de mais moderno em termos de sistemas de assistência e segurança. Seguindo o conceito Intelligent Drive, cada equipamento foi configurado para elevar o modelo ao patamar da direção semiautônoma como, por exemplo, no Drive Pilot e no Controle de Distância Ativo Distronic.

O Active Brake Assist (assistênte ativo de frenagem), disponibilizado de série, pode alertar o motorista em situações de colisão iminente, dando o apoio durante as frenagens de emergência e, se necessário, também automaticamente fazer de maneira autônoma. Além de veículos lentos, reduzindo a velocidade ou estacionados, o sistema também pode detectar pedestres atravessando a zona de risco à frente do veículo.

O Drive Pilot representa o próximo passo da marca Mercedes-Benz no caminho da condução autônoma. Em autoestradas e estradas menores, o Controle de Distância Ativo Distronic não apenas é capaz de manter o veículo à distância correta dos automóveis à frente como, pela primeira vez, segui-los a uma velocidade de até 210 km/h.

EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir