Cultura

Circo e Disney exploram a imaginação como tema no Festival Folclórico do Amazonas                   

 

As fantasias devem lembrar também outras figuras clássicas do circo, como o leão, o acrobata, o malabarista e o mágico - foto: divulgação

As fantasias devem lembrar também outras figuras clássicas do circo, como o leão, o acrobata, o malabarista e o mágico – foto: divulgação

 

Quem for conferir as apresentações do 59º Festival Folclórico do Amazonas na noite desta sexta-feira (24) vai encontrar uma boa opção para se divertir em família. O evento conta com quadrilhas e danças nordestinas na programação dessa sexta. As crianças, principalmente, irão se empolgar com dois dos temas escolhidos para a noite: o circo e o mundo encantado da Disney.

O universo circense dá o tom da apresentação da quadrilha cômica Fofas Sim, Bibas Não, do bairro Petrópolis, zona Sul da cidade, que se apresenta às 22h15. “Nosso objetivo é relembrar o circo de antigamente e trazer a figura do palhaço para a arena como um personagem essencial desse universo”, destacou o representante do grupo, Denny Stanley.

As fantasias devem lembrar também outras figuras clássicas do circo, como o leão, o acrobata, o malabarista e o mágico. No repertório, músicas da Xuxa dão o tom divertido da apresentação e, durante a “dança do chocolate”, o grupo vai até distribuir o doce na arena.

Já a quadrilha tradicional Pimentinhas na Roça, da Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste, promete manter as características típicas da dança, mas com um tom estilizado. Para isso, o tema do grupo este ano é “A Imaginação do Caipira no Mundo Encantado da Disney”.

O público irá reconhecer nos brincantes referências a personagens já marcados na imaginação coletiva, como as princesas Cinderela, Rapunzel, Ariel, o herói Aladdin e os ratinhos Mickey e Minnie.

“Levaremos um portal com um castelo para simbolizar este mundo encantado. Queremos explorar esse universo da imaginação ligado ao caipira, de forma diferenciada”, afirmou o representante José Ricardo dos Santos. A apresentação dos Pimentinhas na Roça acontece das 23h às 23h40.

Mais folclore na arena

Mais cedo, quem faz a abertura da noite é a Quadrilha Tradicional Nhô Chico Junino, às 20h. Além das quadrilhas, a dança nordestina Filhos de Lampião, do bairro Armando Mendes, também marca presença no evento, às 20h45. Quem encerra a noite são os grupos da modalidade quadrilha de duelo: Mosqueteiros na Roça, que se apresenta das 23h45 à 0h25, e Os Anjos do Faroeste, das 0h30 à 1h10.

Essa é a última noite de apresentações da categoria Prata do Festival Folclórico, coordenada pela Manauscult. No sábado (25) e no domingo (26) o evento encerra sua programação com a mostra folclórica não-competitiva, também coordenada pela Prefeitura de Manaus. A apuração da competição da categoria Prata será feita após o encerramento do festival, e os primeiros colocados em cada modalidade passam a disputar entre os grupos da categoria Ouro no próximo ano, sob coordenação da SEC.

Programação

20h às 20h40 – Quadrilha Tradicional Nhô Chico Junino

20h45 às 21h25 – Dança Nordestina Filhos de Lampião

21h30 às 22h10 – Quadrilha Tradicional Explosão de Alegria

22h15 às 22h55 – Quadrilha Cômica Fofas Sim, Bibas Não

23h às 23h40 – Quadrilha Tradicional Pimentinhas na Rola

23h45 à 0h25 – Quadrilha de Duelo Mosqueteiros na Roça

0h30 à 1h10 – Quadrilha de Duelo Os Anjos do Faroeste

Com informações da assessoria de comunicação

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir