País

“Chorei quando vi o vídeo”, diz avó de garota que afirma ter sido estuprada

Jovem postou foto da vítima e ironizou caso de estupro que teria ocorrido no Rio - foto: reprodução

Jovem postou foto da vítima e ironizou caso de estupro que teria ocorrido no Rio – foto: reprodução

Eram 15h de quarta-feira (25) quando a família de C.P., 16, recebeu o telefonema de um vizinho relatando que a adolescente havia sido estuprada no morro da Barão, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. Segundo ele, o crime estava registrado em um vídeo numa rede social.

Os parentes da adolescente foram para a frente do computador e viram a cena -de cerca de 40 segundos- que deu início à uma investigação da Polícia Civil e do Ministério Público Estadual.

Mãe de um menino de três anos, a jovem estava deitada numa cama, seminua, e observada por um grupo de pessoas. A suspeita é que 33 homens tenham violentado a adolescente.

“Chorei quando vi o vídeo. Choramos todos. Me arrependi de ter visto. Quando ouvimos a história, não acreditávamos no que estava acontecendo. É uma aflição muito grande. É uma situação deprimente”, disse a avó materna da adolescente, que pediu para não ser identificada.

Voltou para casa

Ela contou que a adolescente saiu de casa na sexta (20) dizendo que ia visitar amigas no morro da Barão. Só voltou na tarde de terça (24). Vestia roupas de homem e estava sem o telefone celular. Após uma noite de sono, acordou na quarta (25) dizendo que iria buscar o aparelho na favela.

“Depois que vimos o vídeo, o assunto começou a se espalhar e, horas depois, ela retornou à casa levada por um agente comunitário do morro”, disse a avó.

A jovem prestou depoimento na delegacia durante a madrugada desta quinta (26). Depois, foi encaminhada a um hospital onde recebeu um coquetel de medicamentos para evitar doenças sexualmente transmissíveis.

Desde então, a adolescente está em casa com os pais e a avó materna. “Ela não está bem. Está muito confusa. A coisa foi muito séria.”

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir