Dia a dia

Cheia no AM: Careiro, Japurá e Maués decretam situação de emergência

A Defesa Civil do Amazonas decretou, nesta terça-feira (16), situação de emergência em mais três municípios: Japurá, Careiro e Maués. As cidades, que juntas somam 15.024 pessoas afetadas, farão parte do cronograma de atendimento humanitário do órgão.

No balanço geral, 48 municípios estão em anormalidade. Sendo 47 em situação de emergência e um que é Boca do Acre, em Estado de Calamidade Pública, mas que apresenta descida gradativa do nível do Rio Purus.

“A Defesa Civil do Estado montou desde fevereiro, uma força tarefa para atender os municípios afetados pela enchente e o trabalho vai continuar até que as cidades voltem à normalidade” , enfatizou o secretário adjunto da Defesa Civil do Amazonas, Hermógenes Rabelo.

Nova ajuda humanitária

A Defesa Civil vai enviar nesta terça-feira ( 16) mais 20 toneladas de alimentos não perecíveis para o município de Iranduba, no Baixo Solimões e ainda medicamentos e hipoclorito de sódio para a purificação da água. Boa Vista do Ramos, no Baixo Amazonas, vai receber 12 toneladas e os mesmos itens de proteção à saúde.

No total, o Governo do Estado, por meio da Defesa Civil do Amazonas, já distribuiu 556 toneladas de alimentos não perecíveis as famílias afetadas pela enchente em todo o Amazonas. Outros produtos como colchões, redes, cobertores, mosquiteiros, produtos de higiene pessoal, medicamentos, hipoclorito de sódio, água potável, filtros de água e mais de 850 kits de madeira para a construção de pontes e marombas, também foram disponibilizados a população afetada.

O Estado repassou ainda em recursos financeiros a 12 prefeituras o montante  de R$ 3,4 milhões.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir