País

Chefe de gabinete de Marco Feliciano é detido em São Paulo

O chefe de gabinete do deputado Marco Feliciano (PSC-SP), Talma Bauer, foi detido em São Paulo nesta sexta-feira (5).

Ele é investigado sob suspeita de ter ameaçado a jornalista Patricia Lélis, 22, que acusa Feliciano de tê-la estuprado.

Segundo o delegado Luis Roberto Hellmeister, Bauer foi interrogado, mas deve prestar outro depoimento. Ele também deve ter a prisão temporária decretada ainda nesta noite, segundo o delegado, para “preservar a vítima de um possível crime maior”.

A prisão deve ser pedida por sequestro qualificado. Segundo Lélis, Bauer a teria interceptado, armado, feito com que ela entrasse em um carro e depois gravasse um vídeo desmentindo as acusações.

Ela registrou Boletim de Ocorrência e presta depoimento no 3º DP (Campos Elíseos), onde o chefe de gabinete está detido.

Há a suspeita de que o chefe de gabinete teria tentado subornar a mulher para que ela desistisse de acusar o deputado, segundo uma testemunha, um amigo da vítima. Bauer teria vindo a São Paulo nesta semana para entregar a quantia -entre R$ 10 mil e R$ 15 mil, segundo o delegado, que não soube precisar o valor- para Lélis.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir