Economia

Cesta básica do manauense ficou 2,49% mais cara, no mês de junho

O tomate voltou a impulsionar o valor da cesta básica ao ficar 6,29 mais caro - foto: divulgação

O tomate voltou a impulsionar o valor da cesta básica ao ficar 6,29 mais caro –
foto: divulgação

O preço da cesta básica apresentou alta pelo segundo mês consecutivo em Manaus, conforme pesquisa feita pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O consumidor teve de desembolsar R$ 352,35, um aumento de 2,49% em comparação ao mês de maio, quando o conjunto de itens alimentício custava R$ 343, 78. O tomate foi o grande vilão de junho, ao ficar 6,92% mais caro.

A banana vem logo atrás com uma alta de 6,22%, seguida pelo leite, que ficou 1,69% mais caro, farinha com aumento de 1,33%, açúcar com elevação de 1,09% no preço, entre outros.

Por outro lado, dos 12 itens pesquisados, o óleo foi o que apresentou maior redução. O produto ficou 2,93% mais barato, seguido pelo pão com queda de 0,93% e do arroz com baixa de 0,3%.

Um trabalhador que ganha um salário mínimo em Manaus comprometeu, no mês de junho, 48,60% de sua renda (R$ 724,96) para adquirir a cesta básica. Em maio, esse comprometimento foi de 47,42%.
Por Conceição Melquíades

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir