Cultura

Centro Histórico de Manaus ganha projeto de ocupação cultural

Projeto ‘Passo a Paço’ foi lançado nesta quinta-feira (7), no Paço da Liberdade, com a presença do prefeito e de autoridades municipais de Manaus – foto: divulgação/Manauscult

Projeto ‘Passo a Paço’ foi lançado nesta quinta-feira (7), no Paço da Liberdade, com a presença do prefeito e de autoridades municipais de Manaus – foto: divulgação/Manauscult

A Prefeitura de Manaus lançou o projeto ‘Passo a Paço’, nesta quinta-feira (7), em coletiva de imprensa, no Paço da Liberdade, com o objetivo de levar os manauenses de volta ao Centro Histórico da cidade, através de ações como eventos gastronômicos, difusão cultural e entretenimento.

A proposta foi apresentada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, pelo secretário-chefe da Casa Civil, Márcio Noronha, e pelo diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula.

A ideia é que as ações se somem as obras de revitalização do Centro Histórico e atraiam a população de volta ao local onde a cidade se originou. “Estamos reocupando, com vistas de um dia podermos recuperar a identidade plena da cidade. Nosso objetivo é trazer a população de volta para o Centro, começando pelas ações do poder público”, destacou o prefeito.

Na primeira edição, marcada para os dias 30 e 31 de maio, a cidade receberá a feira “O Mercado”, franquia do premiado chef Henrique Fogaça. O evento vai reunir na Praça Dom Pedro II, no Centro, 35 barracas de restaurantes renomados da cidade, que oferecerão seus pratos mais famosos a preços populares, de R$ 5 a R$ 20.

“A gastronomia é uma mistura de cultura com economia, que se une a uma cidade de imenso potencial para realizar seu povo pela via do turismo”, avaliou Arthur Neto.

Programação cultural

Para o evento, serão ocupados o entorno do Paço Municipal e da Praça Dom Pedro II, desde a rua Bernardo Ramos até o Les Artistes Café Teatro, na avenida Sete de Setembro, para proporcionar à população de Manaus uma programação cultural (com música, teatro, dança, performances), unida à gastronomia e promover a reocupação do Centro Histórico de Manaus como uma área de lazer segura e culturalmente diversa.

“De uma forma muito criativa, vamos realizar a primeira feira gastronômica do Município. Nosso desejo é que a população se aproprie do centro da cidade, que está sendo revitalizado e precisa receber de volta os manauaras e os turistas”, reforçou Bernardo Monteiro de Paula.

Ainda segundo o diretor-presidente da Manauscult, o nome do projeto é uma referência à ocupação das pessoas em direção ao maior ícone dessa região do Centro de Manaus: o Paço da Liberdade.

Para receber a população que prestigiará os dois dias de evento, a Prefeitura de Manaus oferecerá a estrutura necessária: banheiros químicos, palcos, som, iluminação, barracas dos restaurantes e geradores de energia.

Os food trucks e as food bikes também marcarão presença no ‘Passo a Paço’, oferecendo aos visitantes uma diversidade de sanduíches artesanais, paletas e outras guloseimas regionais. Os veículos ficarão estacionados na avenida Sete de Setembro, ao lado do Paço da Liberdade.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir