Esportes

Ceni fala que aposentadoria é “dolorosa” e que gostaria de rejuvenescer

O goleiro Rogério Ceni falou nesta segunda-feira (5) sobre o momento do São Paulo, a possível saída do técnico Juan Carlos Osorio e também sobre sua aposentadoria ao final de 2015.

Questionado se mais uma vez, agora aos 42 anos, iria adiar o adeus ao futebol, Ceni negou a possibilidade e mostrou tristeza. O goleiro diz que a aposentadoria é dolorosa e que gostaria de rejuvenescer para continuar atuando.

“Infelizmente, não. Eu gostaria de rejuvenescer. A gente gasta o tempo, não compra. Está chegando o momento final da minha trajetória. São mais de 25 anos defendendo a camisa do São Paulo, um dos maiores clubes do mundo. Não é fácil se manter por 19 anos como titular consecutivamente. Parar é muito doloroso”, disse o goleiro ao canal SporTV.

Ceni também falou sobre a iminente saída Osorio. O capitão do time elogiou mais uma vez o treinador e revelou desejo para que o colombiano continuasse no cargo.

“Gostaríamos que ele permanecesse, ficasse mais um pouco. A gente tem que agradecer pelos novos métodos de treinamento. Essa é a principal característica dele e a contribuição dele ao São Paulo e ao futebol brasileiro. Ele trouxe algo diferente”, falou.

O goleiro tem contrato com o São Paulo apenas até o fim desta temporada. Ele já havia anunciado a aposentadoria para depois da Libertadores, mas renovou o vínculo até o término de 2015.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir