Sem categoria

Celulares e estoques são apreendidos durante revista preventiva no Compaj

Revista - Balanço

O quinto e último túnel foi encontrado no dia 13 de março, na cela 4 do pavilhão 1 do Compaj – foto – divulgação

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) realizou uma revista preventiva na manhã desta terça-feira (22), no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), onde foram apreendidos 16 celulares, uma ‘teresa’ de 60 metros, estoques, carregadores de celulares e fones de ouvido foram encontrados nas celas dos dois pavilhões revistados.

De acordo com a Seap, o procedimento de revista iniciou às 6h e contou com um efetivo de 140 pessoas, entre 60 servidores e agentes penitenciários da Umanizzare Gestão Prisional e 80 policiais militares do Comando de Policiamento Especializado (CPE) da Polícia Militar.

Segundo o secretário de Estado de Administração Penitenciária, Pedro Florêncio, o objetivo da revista foi investigar a existência outros túneis na unidade onde, em dois meses, foram descobertos três dos cinco túneis encontrados pela Seap. “A revista tinha o intuito de agir como prevenção a novas tentativas de fuga ou de escavação de estruturas que possibilitassem que isso acontecesse. Com a presença efetiva da Seap e o apoio da PM em ações como essa iremos inibir iniciativas que possam desestabilizar o sistema prisional”, afirmou o secretário.

Lima Júnior destaca que a revista transcorreu sem alteração e que os procedimentos preventivos são necessários para manter a ordem e disciplina dentro das unidades prisionais. “Temos acompanhado o Compaj devido aos últimos acontecimentos, estamos diariamente no momento da tranca dos pavilhões e fiscalizando e acompanhando os procedimentos de entrada e revistas de materiais em dias de visita para darmos apoio a direção da unidade”.

Pedro Florêncio ressalta que o final de semana no Compaj transcorreu tranquilamente, mesmo após a transferência de quatro internos na última sexta-feira (18) para o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) de Manaus, no Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat). Bruno Henrique Assis Bezerra, Demétrio Antônio Matias, João Ricardo Santos da Costa e Claudio Dayan Felizardo Belfort foram transferidos por determinação do juiz da Vara de Execuções Penais (VEP), Eliezer Fernandes Júnior. “O procedimento de revista realizado nessa terça-feira reforça o trabalho de prevenção de situações que possam contrariar as determinações do Governo do Amazonas e da Seap no tratamento as pessoas encarceradas e na administração das unidades prisionais”, disse Pedro Florêncio.

Túneis no Compaj fechado e semiaberto

No dia 28 de janeiro deste ano foram encontrados dois túneis no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) do regime fechado. O primeiro foi encontrado durante revista com o apoio da PM, pela parte da manhã na cela 8 do pavilhão 3, e possuía 20 metros de extensão . No mesmo dia no final da tarde, equipes da Seap encontraram o segundo túnel na cela 3, pavilhão 1.

No dia 4 de março durante revista no Compaj Semiaberto, equipes da Seap encontraram o terceiro túnel. Quatro dias depois um novo túnel foi encontrado na parte externa, a 100 metros da muralha do Compaj.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir