Sem categoria

Celulares e estoques são apreendidos durante revista preventiva no Compaj

Revista - Balanço

O quinto e último túnel foi encontrado no dia 13 de março, na cela 4 do pavilhão 1 do Compaj – foto – divulgação

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) realizou uma revista preventiva na manhã desta terça-feira (22), no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), onde foram apreendidos 16 celulares, uma ‘teresa’ de 60 metros, estoques, carregadores de celulares e fones de ouvido foram encontrados nas celas dos dois pavilhões revistados.

De acordo com a Seap, o procedimento de revista iniciou às 6h e contou com um efetivo de 140 pessoas, entre 60 servidores e agentes penitenciários da Umanizzare Gestão Prisional e 80 policiais militares do Comando de Policiamento Especializado (CPE) da Polícia Militar.

Segundo o secretário de Estado de Administração Penitenciária, Pedro Florêncio, o objetivo da revista foi investigar a existência outros túneis na unidade onde, em dois meses, foram descobertos três dos cinco túneis encontrados pela Seap. “A revista tinha o intuito de agir como prevenção a novas tentativas de fuga ou de escavação de estruturas que possibilitassem que isso acontecesse. Com a presença efetiva da Seap e o apoio da PM em ações como essa iremos inibir iniciativas que possam desestabilizar o sistema prisional”, afirmou o secretário.

Lima Júnior destaca que a revista transcorreu sem alteração e que os procedimentos preventivos são necessários para manter a ordem e disciplina dentro das unidades prisionais. “Temos acompanhado o Compaj devido aos últimos acontecimentos, estamos diariamente no momento da tranca dos pavilhões e fiscalizando e acompanhando os procedimentos de entrada e revistas de materiais em dias de visita para darmos apoio a direção da unidade”.

Pedro Florêncio ressalta que o final de semana no Compaj transcorreu tranquilamente, mesmo após a transferência de quatro internos na última sexta-feira (18) para o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) de Manaus, no Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat). Bruno Henrique Assis Bezerra, Demétrio Antônio Matias, João Ricardo Santos da Costa e Claudio Dayan Felizardo Belfort foram transferidos por determinação do juiz da Vara de Execuções Penais (VEP), Eliezer Fernandes Júnior. “O procedimento de revista realizado nessa terça-feira reforça o trabalho de prevenção de situações que possam contrariar as determinações do Governo do Amazonas e da Seap no tratamento as pessoas encarceradas e na administração das unidades prisionais”, disse Pedro Florêncio.

Túneis no Compaj fechado e semiaberto

No dia 28 de janeiro deste ano foram encontrados dois túneis no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) do regime fechado. O primeiro foi encontrado durante revista com o apoio da PM, pela parte da manhã na cela 8 do pavilhão 3, e possuía 20 metros de extensão . No mesmo dia no final da tarde, equipes da Seap encontraram o segundo túnel na cela 3, pavilhão 1.

No dia 4 de março durante revista no Compaj Semiaberto, equipes da Seap encontraram o terceiro túnel. Quatro dias depois um novo túnel foi encontrado na parte externa, a 100 metros da muralha do Compaj.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir