Dia a dia

Celulares, drogas, armas, bebidas alcoólicas e rádio comunicadores são encontrados em revista no Compaj

Um total de 595 detentos foram revistados, resultando no recolhimento e apreensão de 46 aparelhos celulares  e diversos tipos de drogas - foto: divulgação

Um total de 595 detentos foram revistados, resultando no recolhimento e apreensão de 46 aparelhos celulares e diversos tipos de drogas – foto: divulgação

Na manhã desta quinta-feira (2), a Polícia Militar em conjunto com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) e Polícia Civil, realizaram uma revista no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), com objetivo de averiguar denúncias sobre a existência de drogas, armas e celulares na unidade prisional.

A revista teve início às 6h e mobilizou 60 policiais militares das unidades do Batalhão de Choque, Rondas Ostensivas Cândido Mariano (ROCAM), Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães), Grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos (Marte) e Companhia Operações Especiais (COE).

Além da verificação de denúncias de drogas e armas, também foi apurada uma suposta rede de comunicação entre o regime semiaberto e o fechado via celular. Um total de 595 detentos foram revistados, resultando no recolhimento e apreensão de 46 aparelhos celulares; um tablet; 300 gramas de diversos tipos de drogas; duas armas de fogo, quatro munições; 33 latas de cerveja; sete rádios comunicadores; 27 facadas e diversos carregadores de celular.

“Toda semana nós temos ameaça de fuga, de motim, de túneis que podem ser cavados, isso em todos os presídios.  O Compaj tem uma característica, ele é conhecido como o coração do sistema, porque lá estão os presos condenados. Lá é onde temos um pouco mais de dificuldade de manter a administração. Nós já mandamos dois líderes internos que assumiram o sistema prisional, para um presidio federal. Todos os outros que tentarem atrapalhar nossa administração e se voltarem contra o Estado serão encaminhados para o presídio federal”, explicou.

 

Por Equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir