Sem categoria

CDL Jovem Manaus realiza Dia da Liberdade de Imposto em junho

CDL Jovem Manaus contará, no dia 2 de junho, pela primeira vez com a participação de 60 lojas do varejo de segmentos como calçados, vestuário, restaurantes e eletroeletrônicos - foto: divulgação

CDL Jovem Manaus contará, no dia 2 de junho, pela primeira vez com a participação de 60 lojas do varejo de segmentos como calçados, vestuário, restaurantes e eletroeletrônicos – foto: divulgação

Com intuito de protestar contra o peso da carga tributária do país, a Câmara dos Dirigentes Lojistas Jovem de Manaus (CDL Jovem Manaus), em parceria com Manauara Shopping, realizará ação no Dia de Liberdade de Impostos (DLI). A principal finalidade será conscientizar a população sobre quanto de tributo os consumidores pagam no seu dia-a-dia. O protesto acontecerá no dia 2 de junho, com a participação de mais de 60 lojas de segmentos como calçados, vestuários, restaurantes e eletroeletrônicos.

Em 2016 o manauense trabalhará 154 dias para pagar impostos. Enquanto em 2015 esse número foi de 151 dias, de acordo com Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), a média em que o brasileiro gasta trabalhando para pagar impostos é 150 dias por ano, somente para o pagamento e tributos sobre serviços e produtos.

Conforme um dos responsáveis pelo movimento em Manaus, Luiz Eduardo Leal, essa é a 6ª edição. Para ele, o objetivo é mostrar à população como mudar o atual cenário econômico do país. “O caminho para mudar essa situação é através da mudança e do protesto da população. Os governantes devem criar consciência sobre a grande carga tributária do país, e comecem a fazer política econômica de forma diferente”, analisou.

Leal explicou que o peso da carga tributária equivale ao trabalho de 1º de janeiro a 1º de maio, como se fosse somente para pagar impostos. Como 2016 foi um ano bissexto e o aumento dos números de dias úteis trabalhados, a ação será feita em junho. Em 2015 foram precisos 151 dias trabalhados para pagar impostos, em 2016 foram contabilizados 154.

Para a lojista responsável pela ação com os empresários do Manauara Shopping, Evelise Pessoa, o movimento se transferiu da isenção de impostos dos combustíveis, realizada anualmente em Manaus, para o comércio varejista este ano. “Pela primeira vez vamos realizar a ação em um shopping e esperamos que a população aprove a ideia”, salientou.

Para o superintende do manauara, Rodrigo Galo, a ação da CDL melhora a estratégia para a diminuição da crise do país. “A iniciativa da CDL se alinha com nossas estratégias de beneficiar o cliente e produz uma conscientização, até de cunho político-econômico, diante dos altos impostos pagos pela população do país”.

Foco

A ação é realizada anualmente pela CDL Jovem de Manaus e o ato tem como objetivo a conscientização como principal foco do Dia de Liberdade de Impostos. Em anos anteriores a ação foi voltada para a redução dos combustíveis.

Conforme a empresária Evelise Pessoa se os brasileiros pagassem menos impostos, a vida da população melhoria significativamente. “Se as pessoas gastassem menos com tributos, elas teriam mais dinheiro para gastar com seu lazer, educação, seu bem-estar”, disse. Segundo Evelise, os impostos também deveriam oferecer melhores serviços para a população, educação, saúde e qualidade vida.

Segundo a Câmara de Dirigente Lojistas de Manaus (CDL-Manaus), os produtos que aparecem com a maior carga tributária para o consumidor são cigarros (80%), perfume nacional (69%), cervejas (55,60%), ar condicionado (48%), bacalhau importado (44%), bolsas (40%), calça jeans (39%), além dos impostos sobre a renda e salários (IR), INSS, contribuições sindicais, bem como sobre os patrimoniais (como IPTU, IPVA, ITBI entre outros).

Por Stênio Urbano

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Sindcomb Notícias – Terça-Feira, 17 de Maio de 2016 – SINDCOMB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir