Esportes

CBF não consegue autorização para usar vídeo-árbitro

A CBF recebeu uma resposta do Internacional Board, entidade que regulamenta regras do futebol, na noite desta quarta-feira (16), de que não poderá usar vídeo-árbitro no Campeonato Brasileiro.

De acordo com o órgão, em resposta para a reportagem, uma carta foi enviada informando que o pedido feito pela entidade brasileira não foi autorizado.

Depois de semanas polêmicas de arbitragem e muitas reclamações de clubes, o presidente Marco Polo Del Nero tomou a iniciativa de fazer a solicitação para a Fifa, em caráter de teste.

A ideia era que o novo juiz ficasse ao lado do campo assistindo ao jogo por uma televisão e ajudasse nas decisões de lances complicados.

Segundo com o Internacional Board, nenhum país usa a tecnologia atualmente, justamente por não ser permitido.

“Informamos para a CBF também que quando as discussões começarem e se o IFAB (as quatro associações britânicas e a Fifa) concordar em realizar testes desse tipo no futuro, ela será convidada para participar dos experimentos”, escreveu Lukas Brud, secretário do órgão, para a reportagem.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir