Esportes

CBF derruba liminar e vai votar contas de mandato de Del Nero

 

Marco Polo Del Nero

A Justiça do Rio liberou a análise de contas do primeiro ano de mandato de Marco Polo Del Nero – foto: reprodução

Na tarde desta quarta-FEIRA (9), o desembargador Claudio de Mello Tavares, da 11ª Câmara Cível do Rio, derrubou a liminar que suspendera a votação do balanço financeiro da CBF.

No domingo (6), o juiz Paulo Assed Estefan havia concedido uma liminar para o presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Peixoto, proibindo a análise das contas na assembleia-geral, que aconteceu segunda (7). Na decisão, o magistrado cobrou mais transparência da entidade.

O dirigente alegou que seus advogados foram impedidos de ter acesso ao balanço financeiro na sexta (4), três dias antes da reunião marcada para analisar as contas.

Com a decisão desta quarta, os presidentes de federações deverão votar ainda hoje as contas de 2015.

A CBF declara no balanço que obteve um lucro de R$ 72 milhões em 2015, 42% acima dos R$ 51 milhões registrados no ano anterior. É o terceiro maior resultado positivo da entidade. O faturamento também foi recorde e chegou a R$ 584 milhões.

Nos próximos dias, os advogados de Peixoto vão pedir na Justiça para ter acesso ao balanço detalhado. Eles querem levar os documentos para uma perícia.

Del Nero comandou a CBF de abril até dezembro. Ele é investigado pelo FBI, pelo Comitê Executivo da Fifa e pela CPI do Futebol.

O dirigente é acusado de fazer parte de um esquema de recebimento de propina na venda de direitos de torneios no país e no exterior.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir