Dia a dia

Cassada habilitação de motorista envolvido em acidente que matou duas jovens na BR-174

As vítimas voltavam do município de Presidente Figueiredo - foto: divulgação/Bombeiros

As vítimas voltavam do município de Presidente Figueiredo – foto: divulgação/Bombeiros

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) assinou na manhã desta quarta-feira (15) portaria cassando a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do motorista Thiago Fish, responsável pelo acidente que deixou duas jovens mortas e quatro pessoas feridas na rodovia BR-174 (Manaus – Boa Vista), ocorrido em 3 de janeiro do ano passado.

Conforme diretor-presidente do Detran-AM, Leonel Feitoza, à época do fato, o condutor já estava com documento suspenso desde maio de 2014. Ele explicou ainda que a determinação seguirá ainda hoje para publicação no Diário Oficial do Estado (DOE).

“Primeiro, ele estava dirigindo à época do acidente com a carteira suspensa. Segundo, ele estava alcoolizado e nessa gama de irresponsabilidades originou-se aquela tragédia em que as jovens foram vítimas fatais”, disse.

Feitoza ressaltou que, com a cassação da CNH,“ ele tem que cumprir a penalidade de dois anos e depois começar todo o processo de habilitação do zero, como se nunca tivesse tido”, acrescentou.

Acidente
O acidente ocorreu na madrugada do dia 3 de janeiro de 2015. Sete pessoas estavam no veículo que perdeu o controle e caiu em uma ribanceira localizada no quilômetro 55 da rodovia.

As vítimas voltavam do município de Presidente Figueiredo (a 115 quilômetros de Manaus). Brenda Braga e Raysa Rossi, ambas de 21 anos, morreram na hora. Outras quatro vítimas ficaram feridas.

Por Luis Henrique Oliveira

Do AGORA

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir