Cultura

‘Casarão de Ideias’ lança novo projeto cultural; estreia terá show dedicado a Elis Regina

Obras que ficaram eternizadas na voz de Elis Regina (foto) ganham interpretação em voz de piano - foto: divulgação

Obras que ficaram eternizadas na voz de Elis Regina (foto) ganham interpretação em voz de piano – foto: divulgação

Sempre de portas abertas para todos os segmentos das artes, o Casarão de Ideias – Um Lugar Para Todas as Artes estreia o seu projeto “Quintas, Cias e Ideias” no dia 3 de março, na sede do Ponto de Cultura, localizada na rua Monsenhor Coutinho, 275, Centro. A iniciativa será realizada durante seis meses, toda quinta-feira do mês, sempre às 20h, com entrada franca. As atrações irão contemplar todos os campos artísticos, tendo como primeira ação, o show de Márcia Siqueira dedicado à eterna “pimentinha” Elis Regina.

De acordo com João Fernandes, gestor do Ponto de Cultura, a ação proporcionará que o Casarão de Ideias dialogue ainda mais com outros públicos e que contemple a produção de outros artistas.

“Nesses seis meses, diversas linguagens artísticas passarão por aqui, como oficinas de artes, concertos, musicais, espetáculos de teatro e dança, leituras dramáticas, exibição de filmes, lançamentos de livros e exposições. Estamos programando uma gama de ações que vão fortalecer tanto o espaço quanto os artistas que estão produzindo e que, muitas vezes, não contam com o apoio de espaços para divulgar suas obras. Toda quinta-feira será um dia de encontro, de trocar informações, de intercâmbio para a classe artística e para o público em geral”, declara o produtor cultural. “As pessoas podem esperar eventos de grande qualidade. Nós vamos potencializar todas as linguagens artísticas e tentar trazer artistas de outras cidades para ocupar o espaço. Essa é uma das nossas metas para esses seis meses de programação”, complementa.

Voz e piano

No show de abertura, alguns clássicos eternizados na voz de Elis Regina serão interpretados por Márcia Siqueira. Confirmado no repertório estão “Arrastão”, “Upa Neguinho”, “Madalena”, “Bolero de Satã”, “Essa Mulher”, “Aos Nossos Filhos” e “Como Nossos Pais”.

“Todo cantor que se preze tem a obrigação de ouvir e ter pelo menos duas músicas que foram interpretadas por ela no repertório. Quem canta tem esse fio condutor da MPB que é a Elis Regina, e eu não fugi à regra. Nos anos 2000 e 2003, fizemos [Márcia Siqueira, Cinara Nery e Simone Ávila] o show ‘Nós, Vós, Elis’ dedicado à pimentinha. Ficamos em cartaz no Teatro Amazonas por um mês com esse espetáculo, fazendo um repertório grande. A Elis é um norte para quem está cantando e, como intérprete, ela foi e continua sendo a melhor do Brasil”, opinou Márcia Siqueira, que será acompanhada pelo pianista Jonilson Reis.

O projeto “Quintas, Cias e Ideias” é promovido pelo Casarão de Ideias – Um Lugar Para Todas as Artes, com patrocínio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), por meio do edital Prêmio Manaus de Ocupação Artística 2015.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir