Sem categoria

Casal envolvido em roubos a agências bancárias é preso no Dom Pedro

A prisão do casal ocorreu no momento em que eles negociavam a compra de uma casa - foto: divulgação

A prisão do casal ocorreu no momento em que eles negociavam a compra de uma casa – foto: divulgação

Sandro Silva Encarnação, o ‘Sandro Pé na Porta’, 40 e a companheira dele, Eliene Dias Borgea, 34, foram presos na tarde do último domingo em cumprimento a mandado de prisão pelo crime de estelionato e envolvimento em roubos a agências bancárias. A prisão do casal ocorreu no momento em que eles negociavam a compra de uma casa, na avenida Bartolomeu Bueno da Silva, bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste.

Segundo o titular da Delegacia Especializada em Roubo, Furtos e Defraudações (Derfd), Adriano Félix, ‘Sandro Pé na Porta’, que estava sendo procurado há três meses, faz parte de um quarteto do estado do Pará que é especializada em roubos a bancos e teria participado do roubo a um banco Santander situado na avenida Ayrão, no Centro da capital, em 20 de abril deste ano, onde sequestraram dois gerentes do estabelecimento e após ameaças, conseguiram levar R$ 372 mil.

“Uma equipe da Derfd foi até o local e conseguiu identificar dois suspeitos. Entramos em contato com o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) do Pará, tendo em vista que os suspeitos fugiram para lá, e durante cumprimento de mandado de prisão, dois suspeitos entraram em confronto com a polícia e acabaram indo a óbito.”, informou o delegado, acrescentando que um dos integrantes ainda está foragido.

De acordo com Adriano Félix, Eliene não teria tido envolvimento com o roubo à agência do Santander, mas costumava atuar como ‘olheira’ em outros roubos que a quadrilha participou. A participação de Sandro em outros crimes também é investigada.

“Eles costumavam praticar a ‘saidinha de banco’ juntos. Com relação ao roubo no banco do Centro da cidade, o Sandro atuou como piloto de fuga. A quadrilha foi identificada após as filmagens das câmeras de um hotel onde eles ficaram hospedados. Fica nítido e dá para ver eles saindo n carro que usaram para fugir após o crime”, contou Félix.

Durante revistas a residências do casal, foram encontradas duas armas de fogo de calibre restrito, sendo uma pistola 380 com nove munições e uma pistola .40 com dez munições.

Eliene e Sandro foram presos pelo crime de estelionato. Os mandados foram expedidos em 9 de julho deste ano pela juíza Eulinete Tribuzy, da 9ª Vara Criminal. Os dois também foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma e munição de calibre restrito.

Por Cecília Siqueira

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir