Economia

CAS analisa projetos de US$ 267 mi para o Estado

Dois projetos ligados ao polo de duas rodas serão analisados pelo CAS – foto: divulgação

Dois projetos ligados ao polo de duas rodas serão analisados pelo CAS – foto: divulgação

Uma pauta com 48 projetos industriais e de serviços, sendo 17 de implantação e 31 de atualização, diversificação ou ampliação, será analisada, nesta quarta-feira (23), às 10h, na 270ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração da Suframa (CAS). Os projetos preveem investimentos totais de US$ 267,7 milhões e fixos de US$ 101,9 milhões, bem como a criação de 484 novos empregos quando da instalação dos mesmos.

Entre os projetos de implantação a serem analisados, os maiores destaques estão ligados aos segmentos de duas rodas, naval e alimentício.

A Cairu Componentes apresentou dois projetos para fabricação, respectivamente, de bicicletas elétricas e bicicletas com câmbio, com previsão de mão de obra adicional de 29 empregos e investimento total de, aproximadamente, US$ 3 milhões.

A Eram Estaleiro Rio Amazonas, por sua vez, apresentou projeto para construção de estruturas flutuantes (balsa para transporte e barco para empurrar outras embarcações). A iniciativa tem previsão de gerar 90 empregos diretos e concentra investimentos totais de US$ 3,2 milhões.

Fechando os destaques entre os projetos de implantação, a BR Flakers da Amazônia, do segmento alimentício, terá analisada proposição para produção de alimentos à base de cereais, com previsão de geração de 17 empregos e investimento total de US$ 120 mil.

Diversificação

No caso dos projetos de diversificação, atualização ou ampliação, os investimentos reforçam, principalmente, a base componentista do polo eletroeletrônico.

São os casos dos projetos da UEI Brasil Controles Remotos Ltda., que buscam diversificação para produzir subconjunto painel frontal para aparelho de áudio ou vídeo e subconjunto chassi montado para aparelho de áudio ou vídeo, com intenção de investir quase US$ 1 milhão e gerar 86 empregos, e o da Flextronic International Tecnologia Ltda., para produção de placa de circuito impresso montada de uso em informática e subconjunto chassi montado para aparelho de áudio ou vídeo, com investimentos totais de US$ 27,4 milhões e geração de 132 empregos.

Ligados ao polo de duas rodas, dois projetos de diversificação também chamam atenção. Um é o da Motocargo Indústria e Comércio de Triciclos Ltda., para produção de triciclo elétrico, com previsão de geração de 87 empregos e investimentos totais de US$ 2 milhões.

O outro é o da Honda Componente da Amazônia Ltda., para produção de laminado de ferro aço em fita, tira, chapas, blanks e conjunto de escapamento completo para ciclomotores, motonetas, motocicletas, triciclos e quadriciclos, com previsão de gerar 154 empregos e investimentos de US$ 9,7 milhões.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir