Cultura

Carta de George Harrison revela que Beatles queriam gravar com gigante do soul

Foi divulgada uma carta inédita que o ex-Beatle George Harrison mandou para o DJ Paul Drew, em maio de 1966. Segundo informações da revista “Rolling Stone”, ela revela que os Beatles consideraram seriamente gravar com o estúdio Stax, em Memphis, e o produtor Jim Stewart.


O plano não se concretizou por problemas financeiros, “Nós gostaríamos muito,” escreveu a mão Harrison, “mas muitas pessoas ficam loucas com ideias sobre dinheiro quando mencionam a palavra ‘Beatles’, então não vai acontecer”.
A Stax Records foi uma das principais gravadoras da música soul nos Estados Unidos nos anos 60. Por ela passaram astros como a banda Booker T. & the MG’s, Carla Thomas, Eddie Floyd e Otis Redding.

Até então, apenas haviam circulado rumores sobre uma quase parceria entre o estúdio e a banda, que nunca havia trabalhado com nenhum outro produtor além de George Martin.

A carta de Harrison foi colocada à venda pelo colecionador de artigos de rock, Jeff Gold, que a comprou da viúva de Paul Drew pouco depois de sua morte, em 2013. Drew, um influente DJ de rádio em Atlanta, viajou com os Beatles nas turnês mundiais de 1964 e 1965, ficando próximo do grupo.

Marcada com a data 7 de maio de 1966, a carta foi escrita durante as gravações do disco “Revolver”, “O álbum que estamos fazendo agora deve sair em outubro”, escreveu Harrison.

Em sua mensagem, o músico ainda revelou: “Fiquei sabendo que a Capitol [Records] fará um álbum intermediário, com canções que não usamos de ‘Rubber Soul’, alguns singles antigos e umas duas ou três músicas que cortamos…”. O “álbum intermediário” se tornaria “Yesterday and Today”, lançado com o conhecimento da banda, ao contrário do que se pensava.

“O que todos acham é que a Capitol [Records] fez basicamente o que quis com os discos dos Beatles”, disse Gold. “Ver que o George sabia o que ‘Yesterday and Today’ seria antes de sair foi uma revelação também. Me surpreendeu.”

Gold está vendendo a carta por US$ 20 mil (aproximadamente R$ 63 mil), ele acredita que será vendida logo: “É tão especial”, contou, “Mais pessoas colecionam Beatles. Bob Dylan está no páreo, assim como The Rolling Stones e Jimi Hendrix. Depende do que você encontrar, mas os Beatles são os artistas mais colecionados”.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir