Sem categoria

Carreta cai em passagem de nível e trânsito na Zona Centro-Sul fica retido

Guincho do Detran auxiliou na remoção do veículo pesado. -foto: divulgação

Guincho do Detran auxiliou na remoção do veículo pesado. -foto: divulgação

Uma carreta com contêiner, de placa BNS-4796, tombou no fim da manhã desta quinta-feira (21), na passagem de nível da avenida Umberto Calderaro Filho, antiga Paraíba, e deixou o trânsito totalmente travado na Zona Centro-Sul de Manaus.

O veículo, que transporta componentes eletrônicos, seguia pela avenida Ephigênio Salles, sentido bairro/centro, e durante uma manobra na alça de acesso à passagem, perdeu o controle e virou na pista.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM), uma viatura foi enviada para auxiliar no resgate do condutor, identificado como Sérgio Carlos de Almeida, 41, mas ao chegar ao local, a vítima já estava fora do veículo e recebia atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Motorista teve leves escoriações na cabeça e foi levado ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto. - foto: divulgação

Motorista teve leves escoriações na cabeça e foi levado ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto. – foto: divulgação

Os bombeiros então atuaram na retirada do combustível do tanque da carreta. O motorista foi encaminhado ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto.

Um agente do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans) foi deslocado para a via, pois o fluxo de veículos ficou parado. As avenidas Theomário Pinto, Darcy Vargas e Ephigênio Salles no sentido Coroado, Zona Leste, ficaram congestionadas.

Os condutores que precisaram passar pelo cruzamento da rua Maceió com avenida João Valério, na Zona Centro-Sul, também enfrentaram forte retenção.  O Manaustrans recomenda aos condutores que evitem trafegar pela área.

A carreta, que até 12h ainda estava na via, deixou duas faixas da passagem subterrânea bloqueada. Um guincho do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) foi utilizado para fazer a remoção do veículo do local.

Por Cecília Siqueira (especial EM TEMPO Online)

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir