País

Caravana em Brasília leva informações sobre o sinal digital de TV

A Caravana Digital tem o objetivo de informar a população sobre a transição do sinal analógico para o digital, e também ressaltar a importância do descarte do lixo eletrônico em locais adequados - foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

A Caravana Digital tem o objetivo de informar a população sobre a transição do sinal analógico para o digital, e também ressaltar a importância do descarte do lixo eletrônico em locais adequados – foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Quem foi fazer compras hoje (15) no mercado da agricultura familiar do Ceasa, em Brasília, pôde conhecer um pouco sobre a migração do sinal analógico de TV para o digital. No local estava um ônibus adaptado, onde foram apresentadas informações sobre a necessidade da digitalização do sinal de TV, a sintonização de canais e as melhorias de imagem e som com o sinal digital. Também foi possível fazer o agendamento para receber os kits de antena e conversor para fazer a digitalização do sinal.

O sinal de TV analógico será totalmente desligado em Brasília no dia 26 de outubro. Depois dessa data, para continuar assistindo à programação aberta de televisão, será preciso adaptar os televisores para receber o sinal digital.

O produtor rural Francisco dos Santos saiu uns minutinhos de sua banca no Ceasa para se informar sobre a retirada do kit para fazer a digitalização do sinal em sua casa. Ele não conseguiu fazer o agendamento porque não tinha o Número de Identificação Social (NIS) em mãos, mas disse que vai se informar sobre mais sobre o assunto. “Minha televisão é antiga, então fui lá saber como é o procedimento. Vou ligar para saber a respeito e poder conseguir a antena”, disse.
O jardineiro Cleomir Andrade também foi à caravana atrás de informações. “Lá em casa nem pega mais a TV, a gente só assiste pelo celular”, disse.

Os kits que permitem o acesso ao sinal digital estão sendo distribuídos de graça para beneficiários de programas sociais do governo federal, como o Bolsa Família, o Minha Casa, Minha Vida e o Tarifa Social de Energia Elétrica. No total, serão distribuídos 374 mil conversores em Brasília e nas outras cidades do entorno. Para agendar o recebimento dos kits, os beneficiários podem acessar o site www.sejadigital.com.br, ou ligar gratuitamente para 147. É preciso apresentar o número NIS ou CPF.

Caravanas

Até outubro, serão realizadas 45 edições da Caravana Digital, que é uma parceria entre a ONG Programando o Futuro e a Seja Digital, entidade criada para operacionalizar o processo de digitalização da TV no Brasil. Segundo a coordenadora de mobilização da Seja Digital, Deisy Feitosa, o objetivo é fazer a interação e mobilização da comunidade para o processo de desligamento do sinal analógico.

“Queremos que as pessoas se apropriem do projeto de TV digital, que elas não entendam isso como uma obrigação, mas que elas saibam que é uma inovação tecnológica que vai trazer muitos benefícios”, explicou.

Além de Brasília, o sinal analógico será desligado em nove cidades do entorno do Distrito Federal: Águas Lindas de Goiás, Cidade Ocidental, Cristalina, Formosa, Luziânia, Novo Gama, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso de Goiás. Quem não está incluído em um dos programas do governo e recebe o sinal de TV aberta deverá comprar os equipamentos para passar a receber o sinal digital. Nos aparelhos de televisão mais modernos, não é preciso conversor, apenas uma antena.

O sinal analógico já foi desligado totalmente em Rio Verde (GO), cidade escolhida como piloto para o processo de desligamento. O cronograma prevê que todas as cidades do país deverão estar recebendo apenas o sinal digital até dezembro de 2018.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir