Sem categoria

Cantora de rap é executada com sete tiros, na Zona Sul

Brenda era conhecida como MC Branquela ao defender a representatividade da classe feminina nas ruas - foto: Arquivo Pessoal/Facebook

Brenda era conhecida como MC Branquela ao defender a representatividade da classe feminina nas ruas – foto: Arquivo Pessoal/Facebook

A cantora de rapper Brenda Pontes Lemos, 21, conhecida popularmente como ‘MC Branquela’, foi assassinada com sete tiros, na noite deste sábado (30), na rua Nova, localizada no bairro São Lázaro, Zona Sul de Manaus. As informações são da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Nos registros da DEHS conta que o crime foi praticado por dois homens não identificados até o momento, e que estavam em uma motocicleta de cor e placa, também não identificadas pela polícia. A autoria e motivação para o assassinato de MC Branquela ainda são desconhecidas.

Segundo a família da cantora, Brenda retornava pra casa quando dois homens em uma moto chegaram e atiraram contra ela. A família desconhece desavenças e afirma que ela não estava recebendo ameaças.

O velório foi realizado na manhã deste domingo (1°), na casa onde a cantora morava com a família, no beco São Miguel. O local foi pano de fundo para cenas do videoclipe “Mina no Mic”, o primeiro de Brenda, lançado ainda no início de abril. O corpo deve ser enterrado no fim desta tarde, no Cemitério do Tarumã, Zona Oeste.

 

Por Equipe EM TEMPO Online

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Rapper é executada com sete tiros, na Zona Sul de Manaus – Polifonia Periférica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir