Eleições 2016

Candidatos são autuados durante blitz do TRE neste sábado

 as infrações encontradas nas campanhas variam desde aplicação irregular de adesivo em para-brisas até uso de drones - foto: Gerson Freitas

as infrações encontradas nas campanhas variam desde aplicação irregular de adesivo em para-brisas até uso de drones – foto: Gerson Freitas

Irregularidades nas campanhas eleitorais de candidatos a vereadores e prefeito de Manaus foram flagradas na manhã deste sábado (18), durante uma blitz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), realizada em diversas zonas da cidade. Os responsáveis pelas propagandas foram autuados pelo TRE e pela Secretária de Meio Ambiente (Sema).

De acordo com o Tribunal Eleitoral, as infrações encontradas nas campanhas variam desde aplicação irregular de adesivo em para-brisas até uso de drones. A blitz teve início na avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul, e foi finalizando na Zona Leste. Na bola do Eldorado, a equipe de fiscalização se deparou com um veículo de som sem a licença da Secretaria de Meio Ambiente, sem o contrato de prestação de serviço do candidato e com placa vermelha, de pessoa jurídica.

Além disso, foi registrado no mesmo local, o uso de drone com bandeira de candidato a vereador, sem os padrões exigidos pelo TRE. Neste caso, foi solicitado pela juíza eleitoral, Lídia de Abreu Frota, que o responsável padronizasse o material para o tamanho permitido. Na feira do produtor, localizado no bairro São José, Zona Leste, a comissão encontrou novamente um veículo de placa vermelha, com adesivo de candidato aplicado no para-brisas traseiro de forma irregular, trabalhando na campanha.

“Não é permito o uso de pessoas jurídicas em campanhas. Em relação aos adesivos, foi solicitado a retirada da propaganda e o responsável assinou um termo de notificação de irregularidade. Como a blitz do TRE-AM é realizada em conjunto com outros órgãos, as aplicações das penalidades são feitas na mesma hora. As multas aplicadas pela Sema variam de R$ 4,7 até R$ 46 mil. Esse trabalho de fiscalização vem ocorrendo todos os dias e vai até a votação. Por isso é importante lembrar os candidatos que trabalhem dentro das normas impostas pelo TER, para que não sofrem penalidades”, frisou o órgão.

Por Gerson Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir