Eleições 2016

Candidatos à prefeitura de Parintins não terão propaganda eleitoral na TV

Na manhã de hoje, Antônio Mariano coordenou uma reunião com os diretores das emissoras de rádio, TV e coordenadores das coligações - foto: Tadeu de Souza

Na manhã de hoje, Antônio Mariano coordenou uma reunião com os diretores das emissoras de rádio, TV e coordenadores das coligações – foto: Tadeu de Souza

Parintins (AM) – Pela primeira vez os candidatos à prefeitura do município de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), não terão propaganda eleitoral veiculada na televisão. A informação foi dada na tarde desta terça-feira (23), pelo chefe do Cartório Eleitoral, Antônio Mariano.

Segundo Mariano, a direção da Rede Amazônica de Televisão que toda eleição gera os programas para as demais emissoras de televisão da cidade, conseguiu uma Liminar no Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (Tjam) suspendendo a transmissão sob a alegação de que a emissora de Parintins não é uma estação geradora e sim uma retransmissora.

O chefe do Cartório Eleitoral disse que diante dessa situação, está definida apenas a veiculação da propaganda eleitoral gratuita nas emissoras de rádio da cidade. O sinal será gerado a partir do Sistema Alvorada de Comunicação, da diocese local.

Na manhã de hoje, Antônio Mariano coordenou uma reunião com os diretores das emissoras de rádio, TV e coordenadores das coligações que irão participar da campanha eleitoral deste ano.

“Até este momento não tínhamos ainda essa informação do pedido de liminar da emissora que sempre nos cedeu o sinal para transmitir os programas eleitorais na televisão, então, como o tempo é curto, estamos acreditando que este ano a propaganda eleitoral será feita apenas no rádio”, disse.

No início do mês o juiz eleitoral de Parintins, Fábio César Olinto de Souza, havia definido a propaganda eleitoral na televisão com os diretores das emissoras locais, inclusive a TV EM TEMPO/SBT, do grupo Raman Neves de Comunicação, havia se comprometido em ceder uma Ilha de edição para a recepção das mídias das coligações.

Forças federais

Mariano confirmou também que a Justiça Eleitoral já requisitou forças federais para acompanhar o pleito na Ilha Tupinambarana.

Na primeira quinzena de setembro chegará um efetivo da Polícia Federal e mais próximo da eleição chegarão os homens da Força Nacional que permanecerão na cidade até a apuração da eleição. Parintins é hoje o maior colégio eleitoral do interior do Estado com mais de 64 mil eleitores.

Por Tadeu de Souza

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir