Dia a dia

Campanha de vacinação contra a gripe encerra nesta sexta-feira

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) alerta as pessoas dos grupos prioritários na imunização contra a gripe para que procurem um dos 171 postos de vacinação até esta sexta-feira, 22, quando será encerrada a 17ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. 

O público-alvo da campanha são pessoas idosas com 60 anos ou mais de idade; trabalhadores de saúde; os povos indígenas (aldeados); crianças na faixa-etária de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias); as gestantes; as puérperas (até 45 dias após o parto); os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Os postos de imunização estão instalados em 171 unidades de saúde da rede municipal que possuem sala de vacina, incluindo as dez que funcionam em horário ampliado, das 7h às 21h (de segunda à sexta-feira). A recomendação é para que a população apresente o cartão de vacinação nos postos. A vacina é contraindicada para pessoas com alergia grave ao ovo de galinha e para aqueles que já apresentaram reação anafilática a doses anteriores.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, a meta de vacinação para Manaus é atingir no mínimo 315.348 pessoas, ou seja, 80% do total do público-alvo estimado em 394.184 pessoas, como recomenda o Ministério da Saúde. “O grupo prioritário para a vacina é formado por pessoas que correm maior risco de desenvolver algum tipo de complicação grave ou mesmo evoluir para o óbito por causa da gripe, como é o caso de idosos e crianças”, explica o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto.

A campanha teve início no dia 27 de abril e no dia 09 de maio, Dia “D” da campanha, foram montados 929 postos distribuídos em toda a cidade. A Semsa já imunizou 72,01% do público-alvo.

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral e  um problema de saúde pública no Brasil. É uma patologia que pode levar a complicações graves e ao óbito, especialmente nos grupos de alto risco para as complicações da infecção viral, representado pelo público-alvo da campanha contra a gripe. A transmissão dos vírus da influenza ocorre por meio do contato com secreções das vias respiratórias eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar (transmissão direta) ou através das mãos ou objetos contaminados (transmissão indireta), quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). A principal intervenção preventiva para este agravo é a vacinação.

 

Co informações da Assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir