Dia a dia

Campanha de combate às queimadas é intensificada nas regiões Central e Sul do Amazonas

Ipaam realiza palestra de conscientização pelo interior do Amazonas - foto: Ascom/Ipaam

Ipaam realiza palestras de conscientização, pelas regiões do interior do Amazonas – foto: Ascom/Ipaam

Como um sinal de alerta aos riscos de queimadas no Amazonas, a campanha ‘Você também é responsável – Diga não ao fogo’ tem sido intensificada e os participantes fazem apelos às populações urbana e rural do estado. Por causa disso, uma equipe de educação ambiental do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) vai viajar na próxima quarta-feira (4) aos municípios de Maués, Boa Vista do Ramos e Barreirinha, no Centro do Amazonas.

O Ipaam vem realizando palestras, reuniões, distribuição de folders educativos, além de visitas às feiras, instituições públicas e privadas e comércios para afixação de cartazes da campanha que alerta sobre os riscos de queimadas no estado do Amazonas. A partir daí, as próximas localidades a serem visitadas serão as áreas rurais de Manicoré e Boca do Acre, entre os dias 17 e 21 de outubro.

Metas obtidas

No município de Uarini, no Centro do Amazonas, a queimada e fumaça na área urbana e rural diminuiu de forma significante. Foram plantados cerca de 200 hectares de mandioca usando o novo método de adubação no plantio que exclui o uso do fogo. O uso do sistema agrícola Tipitamba está sendo amplamente executada no município, a técnica consiste em cortar e triturar as folhas e raízes no solo criando adubo natural para o plantio.

A cidade tem sido um destaque entre as regiões que receberam a campanha educativa da equipe do Ipaam.

“As queimadas são tradicionais, passam de pai para filho. Porém, muitas pessoas não sabem os prejuízos da queimada. Eu explico que polui o meio ambiente, fecha aeroportos, causa acidentes nas rodovias, dificulta a navegação nos rios, é prejudicial à saúde e diminui a fertilidade do solo”, explicou Paulo Libeck, analista ambiental do Ipaam, responsável pelas palestras no interior.

Nos municípios, com a participação das secretarias municipais de meio ambiente, os técnicos do Ipaam visitam as rádios e falam sobre a campanha, sua importância e orientam a população para evitar queimadas e desmatamento no período de verão amazônico, quando o tempo é mais seco.

Com informações de assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir