Cultura

‘Caminhada Rumos’ visita o Amazonas nesta quarta

Com um encontro no Casarão de Ideias, Manaus recebe a Caminhada Rumos, amanhã, às 18h. O Itaú Cultural, representado pela gerente do Núcleo de Artes Visuais, Sofia Fan, e de Música, Edson Natale, apresenta a 17ª edição do programa Rumos, cujas inscrições estão abertas e vão até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 6 de novembro.

Nesta casa, cujo projeto foi contemplado na edição passada, eles falarão sobre a plataforma de fomento do instituto à produção artística brasileira e as inovações que consolidam a reformulação realizada em 2013. A caminhada foi iniciada em São Luís do Maranhão, um dia antes de chegar ao Ceará, de onde seguiu para o Piauí, Amapá e Pará até chegar ao Amazonas, e continuar para Boa Vista, até completar uma visita às 27 capitais do país em cronograma em definição.

O modelo segue aberto, podendo ser inscritos projetos de todas as áreas de expressão e iniciativas híbridas, sem limitação dos campos de investigação, com grande liberdade para artistas, produtores e pesquisadores definirem as regras de produção e apresentação de seus trabalhos.

Entre as novidades está a organização das propostas em três grandes campos: criação e desenvolvimento (concepção e/ou desenvolvimento de projetos artístico-culturais), documentação (organização e preservação de acervos relacionados à arte e à cultura brasileiras) e pesquisa (desenvolvimento de pesquisas em arte e cultura brasileiras), definidos para facilitar o processo de inscrição. Outra inovação é o fim do teto orçamentário para as propostas, o que abre novas possibilidades para os proponentes.

As inscrições são gratuitas e devem ser efetuadas até o dia 6 de novembro, exclusivamente no site rumositaucultural.org.br. Os projetos começam a ser avaliados logo após o fechamento das inscrições e o trabalho da Comissão de Seleção será concluído até maio de 2016. Os contemplados serão informados por e-mail, no dia 10 daquele mês. Em seguida, o site do Itaú Cultural e os meios de comunicação divulgarão os resultados.

Como no edital passado, não há número mínimo ou máximo de projetos, propostas ou obras a serem contemplados. Esta decisão será de exclusiva atribuição da Comissão de Seleção Rumos Itaú Cultural.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir