Política

Câmara funcionará apenas dois dias por semana, diz Rodrigo Maia

O novo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse neste sábado (16) que a Casa deverá funcionar apenas dois dias por semana no segundo semestre.

O deputado pretende fazer sessões às segundas e terças. Ele quer liberar os deputados para viajar e fazer campanha a partir de quarta-feira. A gestão do novo presidente coincidirá com o período das eleições municipais, quando o Congresso costuma funcionar em ritmo reduzido.

“As campanhas eleitorais têm peso menor na segunda, terça e quarta-feira. Elas avançam mais na quinta e na sexta, e mais ainda no sábado e no domingo, quando os eleitores estão em casa”, disse Maia, ao chegar a um encontro regional do DEM no Rio.

Com mandato-tampão de seis meses, o deputado disse que dará prioridade à votação de medidas econômicas.

“Queremos terminar o ano votando a PEC do corte de gastos, o projeto do pré-sal, renegociação das dívidas dos Estados e avançando no debate da reforma da Previdência”, afirmou.

Ele defendeu o pacote de “medidas impopulares” que o presidente interino Michel Temer anunciou que enviará ao Congresso.

“Impopular é gastar mais do que você tem e o desemprego passar de 11 milhões de pessoas. No longo prazo, será popular. No curto prazo é necessário, o que gera polêmica”, disse.

Maia acrescentou que também pretende votar uma reforma política e projetos que melhorem o sistema de combate à corrupção.

Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir