Política

Câmara dos Deputados adia votação de aumento de mandatos para cinco anos

A Câmara dos Deputados, em acordo entre os líderes partidários, decidiu adiar a votação do aumento do tempo dos mandatos dos atuais quatro para cinco anos e da coincidência das eleições, prevista para ocorrer na tarde desta quinta-feira (28).

Não há ainda data para a próxima sessão que irá apreciar esses temas, os quais fazem parte da reforma política que a Casa está votando nesta semana. Na quarta (27), a Câmara aprovou o fim da reeleição, o que pode vir acompanhado do aumento de um ano nos mandatos.

A decisão do adiamento ocorreu por falta de acordo. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou que a discussão estava “muito confusa”, ao anunciar a retirada de pauta.

O líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), porém, reclamou que já havia maioria para aprovar o aumento dos mandatos para cinco anos.

Com o adiamento, os deputados apreciarão nesta quinta a possibilidade de fim das coligações nas eleições proporcionais (para deputados e vereadores), cláusula de desempenho, voto obrigatório e dia da posse do Presidente da República.

Pelas discussões até o momento, a tendência é que as coligações proporcionais sejam mantidas.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir