Economia

Calendário de ações do Crédito Solidário foi divulgado ontem pela FPS

Calendário de ações do Crédito Solidário foi divulgado nesta terça pela FPS – Ismael Neves/FPS

A partir do próximo dia 8 de março, começa o período de solicitações do Crédito Solidário, conforme calendário divulgado nesta terça-feira (21) pelo Fundo de Promoção Social (FPS) do governo do Amazonas. O atendimento será realizado em quatro Centros Estaduais de Convivência, em Manaus.

Voltado aos desempregados e pessoas sem renda fixa, o programa faz financiamentos de até R$ 2 mil, sem juros. O primeiro dia da ação, em 8 de março, será realizado no Centro Estadual de Convivência da Família Maria de Miranda Leão, no Alvorada, Zona Centro-Oeste da cidade.

O calendário foi definido ontem em reunião na sede da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), na Zona Centro-Sul, entre os técnicos do FPS e a direção dos centros de convivência.

Criado sob a orientação da Presidente de Honra do FPS, a primeira-dama Edilene Gomes de Oliveira, o Crédito Solidário oferece empréstimos para pessoas de baixa renda em situação de desemprego e que tem o sonho de iniciar um negócio próprio. Com o recurso em mãos, o beneficiado tem até seis meses para começar a pagar. O valor pode ser quitado em até 2 anos. “Acompanhamos desde o início do resgate social até que a pessoa consiga caminhar sozinha com o seu próprio negócio. Antes de receber esse financiamento, elas devem estar dentro dos critérios exigidos e visitamos essas pessoas para confirmar se as informações fornecidas são verdadeiras”, explicou a técnica responsável pelo Crédito Solidário, Carla Alfaia.

Em 2016, 400 famílias foram beneficiadas. Ao todo, foram R$ 660 mil em financiamento sem burocracia para pessoas em situação de exclusão social. O programa é executado em parceria com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).

Após a aprovação do empréstimo, o recurso é acompanhado pelos técnicos do FPS para comprovar se a aplicação está adequada. “Não é um financiamento solto. Depois de receber, vamos às casas, conversamos com as pessoas, para saber quais são as dificuldades, o que está atrapalhando”, disse Carla Alfaia. Quem não comprova a aplicação recebe punições com multas e juros.

Programação

O calendário começa no dia 8 e 9 de março no Centro Estadual de Convivência da Família Maria de Miranda Leão. Em abril, nos dias 4 e 5, é a vez do Centro Estadual de Convivência do Idoso, na esquina das ruas Wilkens de Matos, esquina com a rua Alexandre Amorim, no bairro da Aparecida.

Em maio, o Crédito Solidário segue para ação itinerante no Centro Estadual de Convivência da Família 31 de Março. O atendimento acontecerá nos dias 3 e 4 de maio.

O centro fica na rua 21, conjunto 31 de Março, no Japiim, Zona Sul.

Por último, nos dias 8 e 9 de maio, o atendimento ocorrerá no Centro Estadual de Convivência da Família André Araújo, localizado na rua 05, s/nº, conjunto Costa e Silva, Raiz, Zona Sul.

Com informações da assessoria.

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir