Economia

Cai produção de motos no primeiro semestre do ano

A produção de motocicletas no primeiro semestre do ano caiu 9,5% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Conforme dados divulgados ontem pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), de janeiro a junho deste ano foram fabricadas 699.461 unidades. De janeiro a junho de 2014, foram 772.943 unidades.

É o menor patamar em produção nos últimos 10 anos. As vendas no atacado chegaram a 659.063 unidades, 8% a menos que ano passado (716.730), as menores dos últimos nove anos.

Os licenciamentos alcançaram 641.700 motos no primeiro semestre de 2015, com recuo de 10,6% ante as 717.618 vendidas no mesmo período de 2014. As exportações caíram 59,8%, com a comercialização de 18.241 unidades para o mercado externo. No primeiro semestre do ano passado, foram exportadas 45.419 motos.

Na comparação de junho com maio, a produção atingiu 116.933 motocicletas, representando queda de 2% e alta de 50,3% ante o mesmo mês do ano passado, período impactado pelas férias coletivas por causa da Copa do Mundo. As vendas para concessionárias chegaram a 101.025 unidades em junho, 8,2% a menos que o comercializado em maio (110.026) e 25,9% a mais que em junho do ano passado.

Emplacamentos

Em junho, os emplacamentos aumentaram 4% na comparação com maio, com 101.102 motocicletas emplacadas. Em relação a junho do ano passado, ocorreu queda de 2,7%. No período, as exportações totalizaram 5.476 motocicletas, quase o dobro das 3.653 de maio (alta de 49,9%).

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir