Sem categoria

Cacau nativo da Amazônia se transforma em chocolate que vale ouro na Europa

O chamado cacau nativo é colhido pelos ribeirinhos na floresta da Calha do Madeira, onde é chamado de fruto da cor de ouro - foto: Ricardo Oliveira

O chamado cacau nativo é colhido pelos ribeirinhos na floresta da Calha do Madeira, onde é chamado de fruto da cor de ouro – foto: Ricardo Oliveira

Apreciado pela grande maioria das pessoas, o chocolate não é penas nutritivo, estimulante e saboroso, mas também extremamente valioso do ponto de vista comercial, especialmente na Europa, onde são fabricados os mais deliciosos e famosos chocolates do mundo. O que muitos talvez não saibam é que essa fonte de riqueza tem raízes na Amazônia, onde estão sendo colhidos muitos dos frutos que dão origem ao valioso produto.

Para mostrar um pouco de como isso acontece, o diretor de redação do jornal e portal EM TEMPO, Mário Adolfo, e o editor de fotografia, Ricardo Oliveira, viajavam até a Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do rio Madeira, no coração do Amazonas, onde encontraram histórias incríveis que envolvem gente humilde, trabalho árduo, exploração e ganância.

Morador da RDS do Madeira, Waldenor Queiroz Pinto trabalha na secagem do cacau, sobre a barcaça. Ele possui 10 hectares de cacau plantados - foto: Ricardo Oliveira

Morador da RDS do Madeira, Waldenor Queiroz Pinto trabalha na secagem do cacau, sobre a barcaça. Ele possui 10 hectares de cacau plantados – foto: Ricardo Oliveira

Confira a reportagem completa acessando o nosso caderno especial, intitulado ‘No Madeira, cacau é ouro’, clicando bem aqui http://emtempodigital.com.br/. Tenha uma boa leitura e não deixe de expressar a sua opinião sobre o trabalho.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir