Sem categoria

Cabeleireira morta com mais de 20 facadas, na Zona Leste, foi vítima do próprio primo, a mando do marido

A dupla foi autuada por homicídio. Após os procedimentos cabíveis, os envolvidos serão levados para a Cadeia Pública - foto: Ana Sena

A dupla foi autuada por homicídio. Após os procedimentos cabíveis, os envolvidos serão levados para a Cadeia Pública – foto: Ana Sena

O soldador Elielton Ferreira da Silva, 19, e o mototaxista Wendell Mota da Silva, 32, foram apresentados na manhã desta sexta-feira (27) na Delegacia Geral, na Zona Centro-Oeste de Manaus, como os autores do homicídio da cabeleireira Maria Auxiliadora Feitosa da Silva, 32, ocorrido na última quarta-feira (25), no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus.

A dupla foi presa no mesmo dia do fato. Elielton ,que era primo da vítima, foi preso na rua Dez, bairro Jorge Teixeira. Já Wendel, marido da cabeleireira, foi preso na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), no momento que foi registrar o homicídio.

De acordo com o delegado titular da DEHS, Ivo Martins, Wendel foi preso no ano passado, pelo Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), por tráfico de drogas e passou três meses presos.

“Durante o tempo que o Wendel passou preso, Maria Auxiliadora se envolveu com outra pessoa. Quando ele saiu da cadeia, descobriu a traição e, por esse motivo, mandou matar a esposa”, disse Ivo Martins.
Conforme o delegado, no dia do crime, a vítima estava dormindo, quando foi surpreendida pelo primo, que desferiu mais de vinte facadas na mulher.

Após cometer o crime, o soldador foi para casa dele, que fica localizada no mesmo bairro. Os policiais começaram as investigações e conseguiam prender Elielton, que confessou o crime e disse que matou a prima a mando de Wendel, que lhe prometeu uma ‘recompensa’ de R$ 2 mil.

A dupla foi autuada por homicídio. Após os procedimentos cabíveis, os envolvidos serão levados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal, no Centro da Capital.

Por Mara Magalhães

Com informações de Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir