Eleições 2016

Buscando a reeleição, Arthur apresenta propostas para área habitacional

cidadao-1-divulg

Em 2017, mais mil apartamentos começam a ser construídos também no Santa Etelvina, o Cidadão Manauara 2 – foto: divulgação

O candidato a reeleição Artur Neto já tem definido em plano de governo os novos programas para a questão habitacional de Manaus. Depois de projetos que resultaram em aproximadamente 1 mil habitações, o prefeito quer desenvolver, na próxima gestão, o programa ‘Sempre ao seu lado’, o início da construção do conjunto habitacional Cidadão Manauara 2, o Plano Municipal de Habitação e a entrega de mais títulos definitivos de terra.

“A questão habitacional sempre foi algo tratado com mais atenção pelo estado. Nós decidimos não esperar. Primeiros tiramos pessoas que estavam em situação mais crítica em igarapés do Jorge Teixeira. Depois começamos a fazer o Cidadão Manauara, com apoio da Caixa Econômica Federal. É um setor importante que precisa de dedicação”, diz Arthur.

Em 2017, mais mil apartamentos começam a ser construídos também no Santa Etelvina, o Cidadão Manauara 2. O projeto já foi aprovado pela Caixa Econômica Federal.

A população de baixa renda de Manaus também passará a contar com um novo serviço da prefeitura para a construção de moradias. Com o ‘Sempre ao seu lado – Habitação’, o cidadão poderá solicitar o projeto técnico de construção e também reconstrução de sua casa e assim ter a base dos documentos necessários para dar entrada em seu imóvel e regularizá-lo junto aos órgãos públicos. O projeto técnico das obras será preparado por engenheiros e arquitetos da prefeitura.

“Estamos desenvolvendo o Plano Municipal de Habitação, que será voltado à promoção de parcerias com o governo federal e instituições privadas, com vistas a viabilizar a produção de unidades habitacionais de baixo custo e a legalização de assentamentos e conjuntos habitacionais”, explica o prefeito.

Na próxima gestão ainda serão entregues mais de seis mil títulos definitivos a moradores de diversos bairros com prioridade para as zonas Leste e Norte. Os entendimentos com órgãos da justiça já começaram para a regularização fundiária dessas áreas.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir