Sem categoria

Bumbás realizam espetáculo de lendas indígenas no Povos da Amazônia

Os bumbás Corre Campo, Brilhante e Garanhão fizeram as apresentações em uma mesma noite e levaram a maior participação do público ao evento - foto: Roberto Carlos/ Secom

Os bumbás Corre Campo, Brilhante e Garanhão fizeram as apresentações em uma mesma noite e levaram a maior participação do público ao evento – foto: Roberto Carlos/ Secom

A apresentação dos três bois-bumbás da categoria Master A do 59° Festival Folclórico do Amazonas foi um verdadeiro encontro de tribos, tradições indígenas e lendas na noite de sábado (11), na arena do Centro Cultural dos Povos da Amazônia, na Zona sul de Manaus.

Os bumbás Corre Campo, Brilhante e Garanhão fizeram as apresentações em uma mesma noite e levaram a maior participação do público ao evento, realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, em parceria com a Prefeitura de Manaus.

Nesta edição do Festival, as três agremiações folclóricas fizeram as apresentações em uma mesma noite, trazendo uma maior participação do público ao evento. A secretária executiva de Cultura do Estado, Bethy Catanhêde, enfatizou que até o dia 26 de julho o público ainda vai poder conferir diversas manifestações da cultura popular brasileira e amazonense.

“Até o dia 26 teremos belas apresentações da nossa cultura, com muitas cirandas, quadrilhas e tribos reunindo todas as manifestações culturais do Amazonas e Brasil. Vale a pena prestigiar e valorizar esse trabalho dos nossos talentos da terra, como é o caso dos três bois que fizeram em uma única noite um lindo espetáculo, animando as três torcidas e as pessoas que vieram prestigiar esse grande evento”.

Expressão cultural

A cultura amazonense foi marcante nas performances das danças, encenações e alegorias que animaram os brincantes e as torcidas de cada bumbá. O Boi-Bumbá Corre Campo abriu a noite com o tema “Divina Natureza”. A apresentação do boi das cores vermelho e branco contou com a participação de 1 mil brincantes e trouxe para a arena o que é divino na fauna e flora amazônica.

“As pessoas viram um espetáculo sem igual sobre a divindade da Amazônia com os quatro elementos da natureza. Nosso ponto alto foi o Auto do Boi cantado, que há tempos não fazíamos em nosso Festival”, destacou o presidente do Corre Campo, Alvacir Siqueira.

O Boi Brilhante foi o segundo bumbá da noite e mostrou os segredos e encantarias xamânicas. Nas cores azul e branco, o Brilhante demonstrou para a plateia a cultura dos xamãs das tribos presentes nos rituais. O boi-bumbá Garanhão encerrou a noite com a temática “Cantos de Lendas”.

Com mais de 800 brincantes, o bumbá das cores verde e branco embalou a arena com muitas novidades, entre elas a lenda do pássaro Jupuaçu. “Todos os anos venho com minha família  prestigiar o festival e dessa vez adoramos porque assistimos a todos”, conta a dona de casa, Selma Carvalho, 41, que também é torcedora do Garanhão.

Vencedor

 O Boi-Bumbá vencedor do 59o Festival Folclórico do Amazonas será conhecido na próxima terça-feira (14), com a apuração das notas atribuídas pelos jurados durante as apresentações dos três bois.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir