Mundo

Britânico avisou à tia que estava bem antes de morrer em ataque na Bélgica

Atentado

Ele estava trabalhando como freelancer para a empresa de serviços financeiros belga Euroclear, cuja sede fica a quadras da estação de Maelbeek – foto: reprodução

O programador britânico David Dixon, 51, chegou a avisar sua família de que estava bem antes de morrer nos atendados do Estado Islâmico em Bruxelas, que mataram outras 30 pessoas, informa a imprensa britânica.

Segundo o jornal “The Guardian”, Dixon soube que a cidade estava sendo atacada quando recebeu uma mensagem de sua tia Ann Dixon, enviada logo após as primeiras notícias de explosões no aeroporto internacional de Zaventem. Ele a respondeu dizendo que estava bem.

Cerca de uma hora depois, contudo, ele estaria entre as vítimas do trem que explodiu ao passar pela estação vizinha à sede da União Europeia.

“Assim que eu soube da explosão, pensei em David e lhe enviei uma mensagem perguntando se estava tudo bem. Foi um alívio quando ele disse que estava bem e seguro. Ele me disse que nem sabia das bombas no aeroporto; imagino que porque estava se arrumando para ir trabalhar”, disse Ann Dixon ao jornal “The Telegraph”.

“Ele pegava o metrô em Bruxelas todos os dias e, depois que falou conosco, deve ter saído e acabado no trem que foi atacado. A bomba explodiu apenas uma hora depois disso [da troca de mensagens]”, contou.

Natural de Hartlepool, no norte da Inglaterra, David Dixon trabalhava como programador de computadores e morava há mais de dez anos em Bruxelas, onde vivia em um apartamento com sua mulher Charlotte Sutcliffe e seu filho, Henry, 7.

Após o governo britânico confirmar sua morte, a família de Dixon publicou uma nota pedindo que tivesse sua privacidade respeitada “neste momento de muita dor”.

Nesta sexta (25), o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, tuitou: “Estou profundamente entristecido de ouvir que David Dixon foi morto nos ataques de Bruxelas. Meus pensamentos e orações estão com seus amigos e família.”

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir