Esportes

Brasileiros perdem invencibilidade no Mundial de vôlei de praia

As duplas brasileiras perderam sua invencibilidade no Mundial de vôlei de praia, na Holanda, nesta segunda-feira (29). Das seis duplas que entraram em quadra, três saíram derrotadas. No torneio, os brasileiros venceram 16 partidas e perderam as três desta segunda.

Álvaro Felipe e Vitor Filho começaram o dia perdendo por 2 sets a 1 para os espanhóis Francisco Marco e Christian García, com parciais de 13/21, 21/16 e 13/15, pelo grupo K.

Horas depois, Alison e Bruno Schmidt precisaram de apenas dois sets para vencer os austríacos Doppler e Horst, com parciais de 21/19 e 21/14, pelo grupo C.

Os brasileiros Evandro e Pedro Solberg, tidos como favoritos no jogo, perderam por 2 sets a 0 para os mexicanos Virgen e Otiveros, com parciais de 18/21 e 11/21.

A parceria Juliana e Maria Elisa, que vinha de duas vitórias, perdeu para a dupla alemã Julia Sude e Chantal Laboureur por 2 sets a 1, parciais de 21/17, 19/21 e 13/15.

Ao fim do dia, duas vitória para equilibrar o desempenho desta segunda-feira.

Pelo grupo F, Ágatha e Bárbara Seixas chegaram à terceira vitória ao superar as americanas Jennifer Kessy e Emily Day por 2 sets a 0, parciais de 22/20 e 21/10.

Já pelo grupo I, Taiana e Fernanda venceram as suíças Isabelle Forrer e Anouk Vergé-Depré também por 2 sets a 0, com parciais de 21/19 e 27/25.

HISTÓRICO

Disputado em quatro cidades (Amsterdã, Apeldoorn, Haia e Roterdã), o Campeonato Mundial tem o Brasil como maior vencedor com cinco títulos entre os homens e quatro entre as mulheres. Os Estados Unidos aparecem em segundo lugar, com cinco ouros.

Ao todo, o Brasil está representado por oito duplas. No masculino, serão Alison e Bruno Schmidt, Álvaro Filho e Vitor Felipe, Evandro e Pedro Solberg além de Ricardo e Emanuel. No feminino, entram em quadra as parcerias Ágatha e Bárbara Seixas, Fernanda Berti e Taiana, Juliana e Maria Elisa, Larissa e Talita.

Os países dos atletas campeões estarão automaticamente classificados para a Olimpíada do Rio, em 2016. A vaga é da federação, e não do time campeão.

SISTEMA DE DISPUTA

São 48 duplas femininas e 48 masculinas divididas em 12 grupos com quatro times cada. Os dois melhores de cada chave avançam diretamente para a próxima fase, assim como os oito melhores terceiros colocados.

A partir desta etapa, as partidas passam a ser no formato de eliminação simples, com as oitavas, quartas, semifinal e a decisão.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir