Sem categoria

Brasileiros invadem base naval boliviana, rendem dez pessoas e roubam armas de grosso calibre

Nove dessas pessoas eram membros das Forças Armadas Bolivianas e a última era uma mulher civil - foto: reprodução

Nove dessas pessoas eram membros das Forças Armadas Bolivianas e a última era uma mulher civil – foto: reprodução

A Polícia Civil de Rondônia registrou no último domingo (6) um roubo feito por seis brasileiros à base naval de Nova Esperança, que fica localizada em território boliviano, na fronteira com o Estado de Rondônia. O crime ocorreu por volta das 7h30, nas proximidades do distrito de Araras. Dez pessoas que estavam no local chegaram a ser sequestradas.


De acordo com informações da 1º Delegacia de Polícia Civil de Nova Mamoré, os seis brasileiros chegaram à base já armados, renderam as dez pessoas que estavam no local e tomaram o controle. Nove dessas pessoas eram membros das Forças Armadas Bolivianas e a última era uma mulher civil.

Todos foram colocados em uma embarcação das Forças Armadas Bolivianas e em seguida foram retirados do local. Já por volta das 22h30 do mesmo dia, os brasileiros fugiram da base levando 11 fuzis, três pistolas 9mm, oito celulares, três baionetas, um bote uma canoa, um motor Yamaha 30HP, além de várias munições, todos de propriedade da armada boliviana.

A maioria dos reféns já tinham sido encontrados, mas três ainda estavam desaparecidos até o fim do domingo, mas foram resgatadas pela polícia de Rondônia. Entre eles havia dois alferes, Machado Ensinas Abraão e Mendes Iquize Joaquim Leonel, além da esposa de um dos oficiais bolivianos que estava no local no momento da ação, mas não teve o nome divulgado.

A polícia segue nas buscas pelos suspeitos. O caso está registrado na 1º Delegacia de Polícia Civil de Nova Mamoré em Rondônia.

Por Joandres Xavier

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir