País

Brasileiro Roberto Azevêdo tentará reeleição para a direção da OMC

Especialistas acreditam que o brasileiro tem grandes chances de ser reeleito - foto: reprodução

Especialistas acreditam que o brasileiro tem grandes chances de ser reeleito – foto: reprodução

O secretário-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), o brasileiro Roberto Azevêdo, vai concorrer à reeleição ao cargo. O anúncio, ainda não oficial, foi feito durante reunião ordinária do Conselho Geral da OMC, em Genebra, na Suíça, quando ele disse ter o apoio do governo brasileiro. Em coletiva de imprensa, Azevêdo explicou que viu “a necessidade de falar do tema para evitar incertezas. Disse que me coloco à disposição para assumir um segundo mandato se os membros considerarem que posso ser útil”, acrescentou.

A candidatura deve ser oficializada entre outubro e dezembro, quando a seleção é aberta, sendo que o resultado sairá em maio do próximo ano. Especialistas acreditam que o brasileiro tem grandes chances de ser reeleito. Outros nomes ainda não apresentaram candidatura.

Um dos maiores triunfos de Azevêdo foi ter conseguido importantes avanços no âmbito da Rodada de Doha, travada há anos. Essas negociações comerciais foram iniciadas em 2001 e nasceram com o propósito de ampliar a liberalização e abertura do comércio internacional como motor do desenvolvimento dos países não industrializados. O diplomata se tornou em 2013 o primeiro latino-americano a ocupar o cargo.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir