Economia

Brasil vai propor à Argentina livre comércio no setor automotivo

O Brasil já havia fechado acordo automotivo de livre comércio, em dezembro do ano passado, com o Uruguai - foto: reprodução

O Brasil já havia fechado acordo automotivo de livre comércio, em dezembro do ano passado, com o Uruguai – foto: reprodução

O Brasil apresentará à Argentina proposta de livre comércio para o setor automotivo na quinta-feira (18), durante encontro do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, com o ministro da Produção argentino, Francisco Cabrera, em Buenos Aires.

A informação foi confirmada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O Brasil já havia fechado acordo automotivo de livre comércio, em dezembro do ano passado, com o Uruguai.

O tratado com o Uruguai prevê 100% de preferência tarifária entre os países no caso de os produtos cumprirem um percentual de conteúdo regional em seus componentes. Para veículos e autopeças brasileiros, o índice deve ser igual ou superior a 55% e, para os uruguaios, a 50%. Para itens que não cumprirem a regra do conteúdo regional, foi estabelecida uma cota de comércio: US$ 650 milhões para o Uruguai e US$ 325 milhões para o Brasil. O acordo passou a valer em 1° de janeiro.

Também em 2015, o Brasil firmou um acordo automotivo com a Colômbia e renovou tratados comerciais automotivos com México e Argentina. Não se trata, no entanto, de acordos de livre comércio. O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior não informou quais serão os termos da proposta brasileira aos argentinos para um tratado de livre comércio.

O ministro Armando Monteiro já havia dito ter expectativa de recuperação do comércio entre Brasil e Argentina sob o governo do novo presidente do país, Maurício Macri. Em dezembro, Monteiro ressaltou que Macri se comprometeu com a retirada de barreiras protecionistas ao comércio.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir