Esportes

Brasil empolga torcida, mas perde para Lituânia na estreia do basquete masculino

a seleção brasileira de basquete ainda esboçou uma reação, mas perdeu para a Lituânia por uma diferença de seis pontosReuters/Elsa/Pool/Direitos Reservados

A seleção brasileira de basquete ainda esboçou uma reação, mas perdeu para a Lituânia por uma diferença de seis pontos – foto: Reuters/Elsa/Pool

Momentos emocionantes marcaram a estreia da seleção brasileira masculina de basquete, que jogou na tarde de hoje (7) contra a Lituânia, terceira seleção no ranking da Federação Internacional de Basquete (Fiba). Apesar da derrota por 82×76, o Brasil emocionou e fez a torcida ficar em pé por mais da metade do tempo total de jogo, com a reação nos últimos quartos de jogo, que chegou a ter uma diferença de mais do que o dobro de pontos.

Os jogadores brasileiros pressionaram só na metade da partida e conseguiram reduzir a vantagem da Lituância. A seleção lituana, com um time muito mais alto que o do Brasil, comandou os primeiros minutos do jogo, que começou por volta das 14h20, investindo principalmente nos arremessos de três pontos, o que facilitou o time adversário a conquistar uma vantagem crescente e manter a diferença por quase toda a partida.

O Brasil chegou a ficar à frente nos primeiros minutos do jogo, começando com placar de 4 a 2. Enquanto os lituanos insistiam nos arremessos de três pontos, a seleção brasileira repetiu uma série de erros em lances livres e marcou faltas. O primeiro a ir para o banco de reservas foi Leandrinho, que fez duas faltas logo no início da partida.

Quando o placar chegou a 23×14 contra o Brasil, o técnico Rubén Magnano pediu tempo para tentar acertar o passo com a seleção brasileira. O recado pareceu surtir efeito, mas temporário, quando o Brasil marcou mais três pontos nos últimos minutos do primeiro quarto de jogo, com um arremesso de Marquinhos. Em uma nova tentativa, a Lituânia contra atacou e marcou mais um, abrindo dez pontos à frente do Brasil. (27×17)

Felício abriu o segundo quarto do jogo fazendo uma boa defesa, cortando a bola do lituano Sabonis, mas o brasileiro acabou fazendo falta no adversário, abrindo oportunidade para que a Lituânia começasse o segundo quarto de jogo marcando mais um ponto com um acerto de dois lances livres.

Apesar de tentar pressionar o adversário, os brasileiros continuaram sem sorte. Kuzminskas marcou mais três para a Lituânia, que chegou a 33 pontos contra 19 nos primeiros instantes.

Após uma sequência de erros de lances livres, o Brasil quebrou o jejum quando Marquinhos, que sofreu falta, marcou dois pontos. A vantagem da Lituânia alcançou 16 pontos na metade do tempo e seguiu em uma sequência progressiva.

Nos últimos minutos deste quarto de jogo, Seibutis acertou mais um arremesso de três pontos, marcando o dobro de pontos da seleção brasileira: 48 a 24. Nos minutos seguintes, a diferença só aumentou, chegando a 30 pontos e só reduzido com um lance livre, dando mais um ponto para o Brasil, que chegou ao fim do segundo quarto com 29 pontos contra 58.

A recuperação da seleção brasileira chegou com o terceiro quarto de jogo, marcada pelos acertos de arremesso de Leandrinho dentro do garrafão sinalizando uma reação e dando mais velocidade ao jogo. O técnico da Lituânia Jona Kazlauskas pedia calma para o time que ainda na frente sentia mais dificuldade.

Cada lance foi comemorado pelas torcidas dos dois países que acompanhavam nas arquibancadas. Oitava bola de três pontos da Lituânia na partida voltou a abrir a diferença novamente (68×39), minutos antes de Marquinhos fazer uma falta e tirar do jogo o lituano Valanciunas que precisou ir para o banco para se recuperar da pancada.

Um arremesso de dois pontos de Raulizinho ajudou a reduzir ainda mais a diferença, que, com pontos separados, vencia o terceiro quarto de jogo por 13×10, mas na pontuação total ainda havia uma diferença de mais de 20 pontos. A vantagem da Lituânia caiu diante do novo ânimo da seleção brasileira, que conseguiu reduzir para 18 pontos, levantando a torcida na arquibancada da Arena Carioca 1.

O Brasil manteve o ritmo no último quarto e seguiu reduzindo a vantagem da Lituânia passe a passe. A torcida brasileira ficou de pé quase todo o tempo e animou a arena. A seleção brasileira encostou no adversário, reduzindo a diferença para quatro pontos em um momento.

O jogo foi parado várias vezes a pedido dos técnicos. O lituano chegou a parar a partida quando faltava apenas 13 segundos para o fim, diante de um placar de 80×76, ainda em vantagem para eles, mas com forte pressão brasileira.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir