Política

Brasil discute possíveis parcerias com o Irã, diz ministro Eduardo Braga

A reunião com a presidente Dila Roussef ocorreu nesta quinta-feira  (11) - Stuckert Filho/PR.

A reunião com a presidente Dila Roussef ocorreu nesta quinta-feira (11) – Stuckert Filho/PR.

A presidente Dilma Rousseff e um grupo de ministros, incluindo os de Minas e Energia, Eduardo Braga, e da Fazenda, Nelson Barbosa, discutiram nesta quinta-feira possíveis parcerias comerciais com o Irã, que recentemente chegou a um acordo nuclear com as principais potências do mundo que retirou sanções que pesavam sobre o país.

Segundo Braga, o governo brasileiro recebeu em novembro uma correspondência do Irã, “com interesse em desenvolver parcerias comerciais com o Brasil que envolvem produtos brasileiros”, entre os quais, automóveis fabricados no país, segundo o ministro.

O Irã também é grande importador de produtos agropecuários do Brasil.

Também está em pauta, segundo Braga, acordos na área de energia.

“Nós temos uma indústria de petróleo e viemos ao longo dos últimos meses inclusive tratando com iranianos a questão de refinarias no Brasil”, disse Braga a jornalistas, sem dar detalhes sobre que tipo de acordo envolveria o setor de refino.

Endividada e afetada pelos efeitos de um escândalo de corrupção, a estatal Petrobras busca parcerias para concluir refinarias, como a do Comperj, cujas obras também estiveram envolvidas no esquema de pagamento de propina alvo da operação Lava Jato.

Além de Barbosa e Braga, participou também da reunião o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira.

Por Leonardo Goy/Reuters Brasil

 

1 Comment

1 Comment

  1. Wilton reis

    11 de fevereiro de 2016 at 16:42

    O Irã que se cuide.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir