Esportes

Brasil dá show e bate China com 39 pontos de vantagem

Contra um adversário extremamente alto, a seleção brasileira masculina de basquete venceu o seu quarto amistoso de preparação para a Olimpíada do Rio, que começa na próxima sexta-feira (5).


Neste sábado (30), em Mogi das Cruzes (SP), o time comandado pelo técnico argentino Rubén Magnano derrotou a China, 14ª colocada no ranking da Fiba (Federação Internacional de Basquete) e que estará no Rio, por 91 a 52.

Antes da partida deste sábado, a seleção já havia batido a Romênia duas vezes e a Austrália, na quinta-feira (28).

E assim como nesses três jogos anteriores, o Brasil mostrou um ótimo padrão de jogo, com uma defesa firme e um ataque veloz e eficiente.

Antes da partida, Magnano havia ressaltado que este confronto seria muito interessante para a seleção por causa da altura do adversário.

O time chinês que estará no Rio tem uma média de altura de 2,03 m, contra 1,99 m do Brasil. Dos convocados para a Olimpíada, a China tem quatro jogadores acima dos 2,10 m. O Brasil? Apenas Nenê.

Para esta partida, Magnano testou um novo quinteto titular: Rafael Hettsheimeir, Augusto, Marquinhos, Leandrinho e Marcelinho Huertas. Com essa formação, o Brasil chegou a fazer 11 a 0 no início do jogo.

Mesmo com as mudanças no decorrer do confronto, a seleção não perdeu o ritmo. Continuou jogando em alta intensidade, com uma boa variação de jogadas e uma defesa bem postada.

O time saiu de quadra muito aplaudido pelo público presente no ginásio.

Augusto foi o cestinha da partida, com 16 pontos. Alex contribuiu com 15, enquanto Leandrinho fez 12.

O pivô Cristiano Felício, chamado para substituir o ala/pivô Anderson Varejão, cortado por causa de uma hérnia de disco, ficou no banco de reservas, mas não foi utilizado por Magnano. Ele nem estava com uniforme de jogo.

No domingo (31), às 14h30 (de Brasília), a seleção fará o seu penúltimo amistoso antes da estreia na Rio-2016 contra a Lituânia, novamente em Mogi das Cruzes.

O jogo é de muita importância para Magnano, já que a Lituânia é justamente o primeiro rival do Brasil na Olimpíada, no dia 7 de agosto.

A seleção está no grupo B, ao lado de Espanha, Argentina, Croácia, Nigéria e a Lituânia.

Já os chineses ocupam a chave A, com Estados Unidos, França, Sérvia, Austrália e Venezuela.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir