Sem categoria

‘Braço direito’ de ‘João Branco’ também é transferido para presídio federal de Catanduvas, no Paraná

Zaqueu

O pistoleiro foi transferido para o mesmo presidio federal, onde o narcotraficante ‘João Branco’ está preso – foto: reprodução.

Zaqueu Mota Aragão, o ‘Montanha’, 31, apontado como braço direito do narcotraficante João Pinto Carioca, o ‘João Branco’, foi transferido, na tarde desta sexta-feira (4), da sede da Polícia Federal, em Manaus, para o presídio federal de Catanduvas, no Paraná.

Conhecido por matar desafetos a mando do narcotraficante ‘João Branco’ e pelos requintes de crueldade, ‘Montanha’ foi preso no último dia 1º de março na sede da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), no momento em que o acusado ia assinar sua frequência na Casa do Albergado de Manaus (CAM).

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Caio Avanço, ‘Montanha’ é um dos ‘braços direitos’ do narcotraficante e era para quem “João Branco” ligava quando precisava executar alguém. “‘Montanha’ é envolvido com vários homicídios, sendo que ele já tem passagem pela polícia por um assassinato e tinha atuação  na facção criminosa  Família do Norte (FDN) . Além disso, ele praticava roubos e até sequestros a mando do narcotraficante João Branco. A característica dele é ser um homicida cruel e muito violento”, informou.

O titular da Delegacia Especializada de Prevenção e Repreensão a Entorpecentes (Depre), delegado Thyago Tenório, afirmou que ‘Montanha’ atuava no tráfico como uma espécie de ‘protetor’ da droga que seria comercializada e também de outros traficantes da capital.

O pistoleiro foi autuado pelos crimes de tráfico de drogas, homicídio, tortura, lavagem de dinheiro, organização criminosa e sequestro. Os dois cabeças da FDN devem continuar à disposição da Justiça para esclarecer outros crimes.

Com informações de Thaís Gama

Por Mairkon Castro e Ana Sena

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir