Esportes

Botafogo vence Fluminense e encara Vasco na final

O Botafogo venceu o Fluminense por 1 a 0 neste domingo (24), no estádio RAulino de Oliveira, em Volta Rdonda, e está classificado para a final do Campeonato Carioca contra o Vasco. A equipe comandada pelo técnico Ricardo Gomes teve grande atuação e dominou o rival durante grande parte do duelo. O gol da partida saiu apenas no segundo tempo, quando Ribamar, de cabeça, estufou as redes.

Após contribuir com a vitória e classificação do Botafogo à final do Campeonato Carioca, o goleiro Jefferson fez questão de exaltar a união do grupo em busca da primeira final da equipe alvinegra na temporada em que retorna à Série A do Brasileiro.
“A gente fala que precisa de algumas peças, mas o mais importante nós temos, que é a união. Tomamos paulada no início do campeonato, mas já mostramos que viemos para ser campeões. A gente já está sabendo como jogar contra o Fluminense, uma grande equipe. Fomos de novo mais felizes”, disse Jefferson ao canal SporTV.

Ribamar, que marcou pela terceira vez contra o Fluminense nesta temporada, não soube explicar o motivo de se dar tão bem contra os rivais das Laranjeiras. “Não sei o que acontece, tenho sido muito feliz contra eles. Graças a Deus hoje pude fazer mais um gol. A gente sabia que eles tinham a vantagem do empate, fomos para cima buscando o gol. Pude marcar e ajudar a equipe”, completou.

FLUMINENSE

Após o jogo, os jogadores do Fluminense admitiram que a equipe esteve muito mal e que o técnico Levir Culpi terá que corrigir os erros apresentados para a disputa do Campeonato Brasileiro.

“Jogo para se esquecer. Futebol é assim e acontece de um time jogar mal. Fomos muito abaixo do que podemos. Melhoramos no segundo tempo, ficamos mais com a bola, mas eles foram felizes em uma bola parada. Fizeram gol e conseguiram a vitória”, disse Jonathan.

“Deixamos o Botafogo jogar. Melhoramos no segundo tempo. Mas saiu gol de bola parada. Difícil. Agora temos que corrigir para que isso não ocorra novamente”, completou Henrique.

A eliminação ocorreu apenas alguns dias após o Fluminense soltar o grito de campeão da Primeira Liga. Os jogadores encararam a situação com normalidade, mas deixaram claro a tristeza com o fato de ficar de fora da final do Carioca.
“Futebol é assim. Do céu ao inferno muito rápido. Titulo na quarta, todos felizes, e agora saímos de cabeça baixa, triste por não fazer um bom jogo. Tem o ano todo pela frente e o Levir vai ajeitar o que precisa. Descansar e trabalhar”,explicou o lateral direito.

FLUMINENSE

Diego Cavalieri; Jonathan, Gum, Henrique e Wellington Silva; Pierre (Magno Alves), Cícero, Gustavo Scarpa e Gerson (Douglas); Osvaldo (Marcos Júnior) e Fred.
T.: Levir Culpi

BOTAFOGO

Jefferson; Luis Ricardo, Carli, Emerson (Renan Fonseca) e Diogo; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Leandrinho (Fernandes), Gegê; Salgueiro e Ribamar (Diego).
T.: Ricardo Gomes

Local: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Auxiliares: Michael Correia e Diogo Carvalho da Silva
Renda/Público: Não divulgados
Cartões amarelos: Jonathan, Gum, Pierre (FLU) Carli, Bruno Silva, Gegê, Salgueiro (BOT)
Gols: Ribamar, aos 17min do 2º tempo

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir