Esportes

Botafogo encara o atual campeão da Libertadores na Colômbia

O elenco alvinegro teve uma recepção calorosa -por parte dos botafoguenses e dos torcedores locais – Reprodução/Facebook

O Botafogo encara o Atlético Nacional (COL), em Medellín, nesta quinta-feira (13), às 21h45 (de Brasília). O duelo no estádio Atanasio Girardot é válido pela segunda rodada da fase de grupos da Taça Libertadores.

O elenco alvinegro teve uma recepção calorosa -por parte dos botafoguenses e dos torcedores locais- no desembarque na cidade colombiana nesta terça-feira (11). O Botafogo é a primeira equipe brasileira a atuar na Colômbia desde o trágico acidente com o avião da Chapecoense em 28 de novembro de 2016.

A equipe carioca luta para se manter no topo do grupo 1, no qual é vice-líder, com três pontos conquistados na vitória por 2 a 1 contra o Estudiantes (ARG). Já o atual campeão da Libertadores é o terceiro colocado e ainda não somou pontos. O time “verdolarga” perdeu na estreia da competição por 2 a 1 para o Barcelona de Guayaquil (EQU), que é líder do grupo com seis pontos em duas partidas.

O técnico Jair Ventura não poderá contar com três jogadores: o meia Montillo, o volante Airton e o zagueiro Marcelo. Lesionados, eles sequer embarcaram rumo ao país vizinho. Em compensação, o atacante Sassá e o zagueiro Joel Carli, que eram dúvidas por lesões, estarão a disposição do treinador.

Em entrevista coletiva, o goleiro Gatito Fernandez elogiou o adversário. Ele citou o fato do time colombiano estar no topo da lista dos melhores clubes do mundo, segundo a IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol), a frente dos europeus Real Madrid, Barcelona e Bayern de Munique.

“A dificuldade será grande. É um time muito forte, o melhor do ranking [da IFFHS] no momento”, destacou. Ainda assim, o paraguaio espera que o Botafogo proponha o ritmo da partida, mesmo fora de casa.”Enfrentamos grandes times e campeões da Libertadores também. Esses dois jogos na pré-Libertadores renderam bastante experiência. Agora contra o Atlético Nacional temos que tratar de buscar o jogo. Se ficarmos esperando lá atrás vamos sofrer bastante. É melhor propor o jogo. Mais interessante para nós”, disse o goleiro.

O time de Medellín também está desfalcado. O zagueiro Felipe Aguilar não atua por lesão, e o volante Matheus Uribe cumpre suspensão de três jogos por ter sido expulso contra a equipe de Guayaquil na estreia. Já o goleiro Franco Armani, que era dúvida por dores musculares, estará em campo.

Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir