Dia a dia

Bombeiros continuam buscas por crianças desaparecidas em Nova Olinda

Mergulhadores do pelotão fluvial do CBMAM, Defesa Civil e a Marinha participam das atividades de busca – Divulgação

As crianças, uma de quatro meses e outra de quatro anos, continuam desaparecidas desde o naufrágio da lancha expresso ‘Vó Mulata’, no município de Nova Olinda do Norte (distante 135 km de Manaus). As buscas recomeçaram às 8h, desta sexta-feira (10) e deve seguir até o final da tarde. De acordo a Defesa Civil de Nova Olinda do Norte e da Polícia Civil local, 20 pessoas estavam na embarcação na hora do acidente.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil da cidade, Oscar Bezerra, vários órgãos estão engajados para encontrarem os meninos.

As buscas iniciaram às 8h – Divulgação

“Foram encontrados 18 socorridos, contando com o capitão e tripulantes. O trabalho agora está focado em encontrar as crianças desaparecidas. Mergulhadores do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e a Marinha estão à procura delas”, disse Oscar.

Os pais das crianças acompanham o trabalho dos mergulhadores – Reprodução/WhatsApp

Bezerra ainda destacou que os pais dos meninos se encontram na área do porto, mas se mantém isolados, muito tristes com toda a situação.

O acidente aconteceu na manhã desta quinta-feira (10). Na ocasião, a embarcação fazia linha da comunidade Rosarinho em Autazes (distante 112 km de Manaus), passando por Nova Olinda do Norte, até o município de Borba (distante 150 km de Manaus).

 

 

Manoela Moura
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir