Dia a dia

Bombeiro hidráulico morre em hospital após ser esfaqueado na Zona Norte

A vitima foi agredida e esfaqueado por um grupo de homens, ainda não identificados, em uma feira do bairro – Arquivo/AET

Após oito dias de internação, o bombeiro hidráulico Rozinaldo de Sá Batista, 31, morreu na noite desta segunda-feira (17), no Hospital Pronto-Socorro João Lúcio. Rozinaldo foi agredido e esfaqueado no dia 9 deste mês, na rua 13, bairro Amazonino Mendes, Zona Norte de Manaus.

Rozivaldo não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 19h15, na unidade de saúde. De acordo com o registro da Delegacia Especializada eme Homicídios e Sequestros (DEHS), o bombeiro hidráulico foi agredido por um grupo de homens, ainda não identificados, e em seguida recebeu golpes de faca pelo corpo após uma discussão em uma feira do bairro.  A motivação e os autores do crime estão sendo investigados pela DEHS.

O corpo de Rozinaldo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). A família da vitima não foi localizada no endereço fornecido no registro do IML.

Daniel Landazuri
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

grupo
Subir