Mundo

Bombardeio russo em Alepo deixa ao menos 29 civis mortos

O número de civis mortos em ataques russos, realizados ontem (27), em áreas controladas pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI), no Norte da Síria, subiu de 12 para 44, de acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

Segundo o Observatório, 29 civis, incluindo três crianças e nove mulheres, morreram em ataques feitos em várias aldeias controladas pelo EI na província de Deir Ezzor.

Outros 15 civis também morreram vítimas de ataques da aviação russa à cidade de Al-Bab, controlada pelo Estado Islâmico, na província ao norte do Aleppo e arredores. “Os ataques causaram também dezenas de feridos”, informa o Observatório.

Localizada 30 quilômetros ao sul da fronteira com a Turquia, Al-Bab caiu nas mãos dos rebeldes em julho de 2012.

Atualmente, a força aérea nacional síria e a da Rússia bombardeam alvos do Estado Islâmico e de outras organizações armadas. Além disso, os aviões da coligação internacional contra o Estado Islâmico, liderada pelos Estados Unidos, também fazem ataques aéreos no país, contra as posições dos extremistas.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir