Economia

Bolsa recua quase 2% com exterior; sem BC, dólar cai a R$ 3,54

O principal índice da Bolsa paulista fechou em queda de 1,98%, aos 51.861,71 pontos -  foto: divulgação

O principal índice da Bolsa paulista fechou em queda de 1,98%, aos 51.861,71 pontos – foto: divulgação

A queda das commodities e a cautela em relação às reuniões de política monetária do Fed (Federal Reserve, o banco central dos EUA) e do banco central do Japão nesta semana pressionaram os mercados globais nesta segunda-feira (25).

O Ibovespa caiu quase 2%, para abaixo dos 52.000 pontos, puxado especialmente pelas ações de Petrobras, Vale e siderúrgicas. Foi a terceira sessão seguida de recuo do índice.

Sem atuação do Banco Central no mercado de câmbio, o dólar fechou em baixa, no patamar de R$ 3,54, acompanhando também o movimento da moeda americana em outros países.

No cenário político, seguem as incertezas quanto a um eventual governo Temer. Os investidores acompanham também os desdobramentos do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado.

O principal índice da Bolsa paulista fechou em queda de 1,98%, aos 51.861,71 pontos. O giro financeiro foi de R$ 5,766 bilhões, o mais baixo das últimas sessões.

“O que aconteceu na Bolsa foi uma combinação de cenário externo desfavorável com uma realização de lucros”, avalia Phillip Soares, analista da Ativa Investimentos. “O Ibovespa subiu muito com as apostas de impeachment, e agora, em meio às especulações sobre um novo governo, investidores aproveitam para realizar lucros.”

As ações da Petrobras perderam 4,30%, a R$ 9,33 (PN) e 4,18%, a R$ 12,36 (ON), com a queda do petróleo no mercado internacional.

As ações PNA da Vale recuaram 7,51%, a R$ 14,16, e as ON perderam 6,57%, a R$ 18,06, reagindo ao recuo do minério de ferro na China.

Entre as siderúrgicas, CSN ON perdeu 9,17%; Gerdau PN, -6,57% e Usiminas PNA, -10,38%. Sobre a Usiminas, a companhia reportou prejuízo líquido de R$ 151 milhões no primeiro trimestre deste ano, 36% abaixo do resultado negativo do mesmo período do ano passado.

No setor financeiro, Itaú Unibanco PN recuou 0,88%; Bradesco PN, -2,30%; Banco do Brasil ON, -2,20%; Santander unit, -0,40%; e BM&FBovespa ON, -1,35%.

 

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir