Dia a dia

Bolsa Idiomas promove remanejamento para candidatos na ‘reserva’

Após remanejamento, o candidato deve preparar a documentação exigida em edital e entregá-la na Espi – Divulgação

Os candidatos, que ficaram na condição de reserva, no Programa Bolsa Idiomas (PBI), têm até a próxima quarta-feira (22), para fazer o remanejamento. As pessoas devem acessar novamente o Portal do Candidato e confirmar, ou redefinir, opções de curso e horários, mediante a existência de vagas nas Instituição de Ensino Superior (IES).

O processo está disponível desde o meio-dia desta segunda-feira (20). Uma vez definidas as opções do candidato no sistema, ele deverá preparar a documentação exigida em edital e entregá-la na sede da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), nos dias 27 e 28 de março.

A Espi está localizada na avenida Professor Nilton Lins, no 3.259, Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul.

Remanejamento

Uma dúvida comum de candidatos – durante as etapas de remanejamento dos programas de inclusão socioeducacional da Prefeitura de Manaus – é que nem sempre encontram no sistema os cursos e horários específicos que desejam.

De acordo com a Espi, o sistema é automático e atualizado em tempo real, mostrando apenas as opções que ainda possuem vagas disponíveis.

“Se o estudante acessa o Portal do Candidato e não encontra entre as opções a instituição, o curso ou o horário pretendido é porque, para aquela opção específica de bolsa, não há mais vagas disponíveis. O candidato precisa levar em consideração que o remanejamento acontece após a primeira chamada do programa e as vagas, naturalmente, vão sendo ocupadas”, explica a diretora-geral da Espi, Fabiana Lucena Oliveira.

Reservistas

Os candidatos submetidos à condição de “reserva” no sistema são aqueles que tiveram perfil socioeconômico aprovado, mas não foram classificados imediatamente para as chamadas do programa.

Isso acontece principalmente pelo cálculo da renda per capita informada no ato da inscrição, uma vez que o Portal do Candidato classifica os estudantes na ordem da menor para a maior renda familiar – dentro do limite estabelecido em edital.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir